616 árvores compensarão emissões de CO2 do Idesam em 2015

sede-idesam-manaus

Por Izamir Barbosa

Com uma meta de reflorestar aproximadamente 120 mil metros quadrados na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, o Idesam iniciou – no último dia 8 de janeiro – um intenso calendário de plantios que se estende até o mês de abril.

Do total de  10.000 árvores que serão plantadas, 616 estão dedicadas a compensar as emissões do Idesam em suas atividades de 2015. Somando viagens aéreas, logística, consumo, energia elétrica e geração de resíduos, o Idesam emitiu 222,16 toneladas de carbono no período.

A informação faz parte do Inventário de Carbono: Idesam 2015. O inventário consiste no mapeamento das emissões referentes às atividades dos colaboradores dos escritórios do Idesam em Manaus e Apuí (AM) e Piracicaba (SP), além das bases e representações em Manicoré e Presidente Figueiredo (AM); Macapá (AP), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

“O Programa Carbono Neutro está cada vez mais estruturado e só neste ano já consegue alcançar 10 famílias da reserva do Uatumã, cada vez com mais reforços sociais, ambientais e econômicos para aquela realidade”, destaca o diretor executivo do Idesam, Carlos Koury.

As emissões são calculadas pelo PCN de acordo com os padrões estabelecidos pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), Ministério da Ciência e Tecnologia, CETESB, entre outros; e seguem as orientações do GHG Protocol.

Originalmente publicado no blog do Programa Carbono Neutro.

Posts relacionados

Deixe um comentário