Agricultura familiar ganha espaço na Virada Sustentável 2015

feira-agricultura-familiar-virada-sustentavel

Texto e Fotos: Samuel Simões Neto

“Pra quem não veio, a gente só pode falar que foi bom e que eles perderam, né?”. O recado é da agricultora Maria Izabel, 55, moradora do KM 21 da BR-174, zona rural de Manaus. Junto a mais 10 produtores rurais do projeto de assentamento (PA) Tarumã-Mirim, ela participou, no último domingo (26), da Feira de Produtores Rurais Familiares, evento que integrou a progranação do Idesam na Virada Sustentável de Manaus.

A feira, que faz parte das atividades do Idesam em parceria com o INCRA, foi realizada no restaurante Casa da Sopa, zona centro-sul de Manaus, e teve como objetivo destacar o importante papel da agricultura familiar na construção de uma sociedade mais sustentável.

>> Confira o álbum de fotos da feira

De acordo com o gerente do Programa Manejo Florestal, André Vianna, o principal resultado da feira foi permitir o contato direto entre consumidor e produtores rurais. “A atividade possibilitou que as pessoas pudessem comprar direto dos agricultores, produtos orgânicos e produzidos pela agricultura familiar. Os produtores, por sua vez, nos falaram que têm vontade de fazer outras atividades como essa”, destacou.

Entre os produtos comercializados estavam: peixes, frutas, verduras, derivados – goma de tapioca, pé-de-moleque, tucupi, polpas de frutas –, além de mudas de plantas medicinais e ornamentais e artesanato. Conforme os técnicos do Idesam, a comercialização dos produtos gerou uma movimentação de cerca de R$ 1.200 reais.

Ainda que seja um número aquém dos padrões das feiras que acontecem na cidade, Vianna avalia como um resultado positivo, considerando o pioneirismo do evento. “Os produtores puderam entender como funciona o espaço, e conhecer um novo público, diferente das feiras que estão acostumados a trabalhar”, explicou.

A geógrafa Georgete Abreu, que prestigiou o evento, também destacou o caráter social da atividade. “É uma oportunidade de comercialização dos produtos locais, valorizando os produtos da região e com um preço justo para os consumidores. É uma oportunidade de renda para as famílias que produzem na agricultura familiar”, afirma.

Futuras atividades

Ainda que a primeira edição da Feira de Produtores Rurais Familiares tenha sido integrada à programação da Virada Sustentável Manaus 2015, a atividade deve se repetir de maneira independente ainda esse ano. De acordo com André Vianna, a realização de feiras também faz parte do calendário de assessoria técnica (ATES) do Idesam, desenvolvido desde outubro de 2014 através de uma chamada pública do INCRA em 10 assentamentos do Amazonas.

As atividades devem ocorrer ainda nos próximos meses e os produtores se mostram bastante interessados em participar, a exemplo da agricultora Maria Paulina, 57, que mora há 20 anos do assentamento Tarumã-Mirim e trabalha com produção de banana, limão, cupuaçu e ovos. “A feira foi um sucesso e eu vendi muito bem meus produtos. Espero que aconteçam mais atividades como essa”, disse.

As atividades serão realizadas através de parcerias e a ideia é apostar em locais de grande movimentação em Manaus. “Estamos discutindo um espaço para início de setembro em um grande shopping da cidade”, destaca Vianna.

Na opinião de Samiro Rocha, proprietário da Casa da Sopa, que apoiou a primeira edição do evento, o mesmo tem um caráter de conscientização ambiental também para os seus consumidores. “Nossa filosofia é voltada para alimentos e matérias-primas saudáveis, e isso tem tudo a ver com o evento, que foi o início de vários outros que possam surgir”, afirma.

Posts relacionados

Deixe um comentário