Expedição acompanha resultados da pecuária silvipastoril

palestra-silvipastoril-matupi-manicore

Por Samuel Simões Neto
Colaborou Murilo Bettarello
Foto: Alvaro Zapata

Entre os dias 12 e 18 de abril, uma equipe formada por pesquisadores, técnicos e produtores rurais realizou uma expedição em oito fazendas de pecuária no sul do Amazonas. A atividade teve como objetivo monitorar os resultados alcançados nas unidades demonstrativas (UDs) implementadas pelo Idesam e mobilizar produtores locais para os benefícios do uso de Sistemas Silvipastoris Rotacionados (SSPR).

As unidades estão em diferentes fases de desenvolvimento, contemplando desde sistemas mais estruturados – com pouco mais de dois anos de idade – até unidades recém-implantadas, em funcionamento desde novembro de 2015.

“Apesar dos diferentes estágios, todas [as unidades] estão em pleno funcionamento e os produtores acumulam bons resultados através do melhor manejo dos pastos e da implantação das árvores”, destaca o engenheiro agrônomo Murilo Bettarello, da ViaVerde.

Para o gerente do Programa Produção Rural Sustentável do Idesam, Gabriel Carrero, o monitoramento deverá ser intensificado pela equipe técnica durante os próximos meses. “As informações geradas no monitoramento são fundamentais para que cada vez um maior número de produtores e técnicos possa conhecer os benefícios dos SSPR”, explica.

Durante as visitas, os produtores participaram de oficinas e palestras sobre os sistemas silvipastoris, com o médico veterinário da Fundação Cipav (Centro para la Investigación en Sistemas Sostenibles de Producción Agropecuaria), Alvaro Zapata. Bettarello também mostrou os benefícios que os produtores estão conseguindo ao manejar melhor suas pastagens e implantar árvores nos sistemas.

Entre as atividades práticas, os participantes receberam treinamento para a instalação e manejo de cercas elétricas, divisão e manejo de pastos, instalação de sistemas hidráulicos e a implantação e manejo de árvores para aumento da fertilidade do solo. Todas essas etapas são fundamentais para a instalação dos sistemas silvipastoris rotacionados.

Pecuária leiteira

Um dado que chamou a atenção dos pesquisadores foi o aumento na produção leiteira das fazendas que passaram a utilizar o sistema silvipastoril. De acordo com Bettarello, houve aumento de até quatro vezes da produção leiteira por área.

“Estes resultados serão cada vez mais expressivos na medida em que as árvores crescem e alcançam maior capacidade de ciclagem de nutrientes”, explica.

Com base nas informações coletadas, será elaborado um relatório com os próximos passos para a atuação do Idesam nas fazendas contempladas.

Para a realização da atividade, o Idesam teve como parceiros a empresa de consultoria ViaVerde e a Fundação Cipav, da Colômbia. A ação integra o plano de trabalho do Projeto Semeando Sustentabilidade em Apuí, realizado desde 2011, com apoio financeiro do Fundo Vale e parceria da Prefeitura Municipal de Apuí.

Posts relacionados

Deixe um comentário