Idesam lança livro sobre turismo durante Congresso Brasileiro de UCs

Capa_livro_turismoUCs-menor

No dia 24 de setembro, o Idesam promoveu a mesa-redonda “Turismo de Base Comunitária em Unidades de Conservação”, na programação do Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (CBUC) que acontece em Natal (RN) entre os dias 23 e 27 de setembro. O evento também marcou o lançamento do livro “O Turismo na RDS do Uatumã” que relata o histórico de evolução do ordenamento turístico e inclusão dos moradores da RDS do Uatumã como protagonistas do turismo local.

>> Faça aqui o download da publicação

Além do Idesam, participaram da mesa-redonda o sub-coordenador do Centro Estadual de Unidades de Conservação do Amazonas (Ceuc/SDS-AM), Francisco Pinto; a empreendedora turística da empresa de turismo de base comunitária “Estação Gabiraba”, Ana Gabriela Fontoura, e o empreendedor de turismo de base comunitária – e morador da Reserva do Uatumã – José Monteiro Ferreira.

A apresentação do Idesam teve foco no conteúdo do livro, com destaque para as etapas desenvolvidas pelo Instituto para o fortalecimento do turismo de base comunitária na Reserva, que atualmente conta com quatro pousadas familiares em pleno funcionamento. Das etapas vencidas, foi ressaltada a importância do estabelecimento dos espaços de participação na tomada de decisão, como as reuniões anuais de análise sobre a pesca esportiva, assim como as regras para a atividade, e a revisão do zoneamento do uso da água.

Para o Secretário Executivo do Idesam e um dos autores do livro, Carlos Gabriel Koury, estes espaços de debate fortalecem o envolvimento de toda sociedade local – comunidades, prefeituras, empresariado, operadoras de pesca esportiva – e permite estabelecimento de regras aplicáveis e amplamente debatidas. “Nós consideramos extremamente importante envolver todos esses níveis no processo de conservação e uso sustentável da Reserva, principalmente os moradores do local”, afirmou Koury.

Carlos-Gabriel-Koury,-Secretário-Executivo-do-Idesam

Francisco Pinto, do Ceuc, informou os avanços na consolidação do turismo em UCs estaduais – com as premissas estabelecidas no Sistema Estadual de Unidades de Conservação (Seuc) e o decreto de turismo lançado em 2010–, e os próximos do Governo na regulamentação e promoção do turismo em todas suas modalidades. A apresentação de Gabriela Fontoura foi voltada para os conceitos do Turismo de Base Comunitária. Além de compartilhar sua experiência na capacitação de comunidades para o turismo, a empreendedora também falou sobre os desafios enfrentados na implementação das atividades.

Após as apresentações, as rodadas de perguntas também envolveram o morador José Monteiro, que destacou a importância do apoio do Idesam no planejamento e implantação do Turismo de Base Comunitária.

José-Monteiro,-o-Papa,-é-um-dos-comunitários-que-promovem-o-turismo-de-base-comunitária

“Após a criação da pousada familiar, os principais desafios são a regularização do empreendimento turístico e a divulgação do turismo na RDS do Uatumã”, afirmou, citando ainda os planos da Associação Agroextrativistas das Comunidades da RDS Uatumã (AACRDSU) de ampliar a participação dos moradores no turismo, nas modalidades de pesca esportiva e de base comunitária.

Paralelo ao evento, o Idesam também está presente no estande “Amazônia Protegida”, organizado pelo Fundo Vale em parceria com diversas instituições que desenvolvem atividades dentro de Unidades de Conservação da Amazônia.

Estande-Amazônia-Protegida

Posts relacionados

Deixe um comentário