Minha vivência no Idesam

estagio-idesam-esalq

Por Maristela de Araújo Gomes, acadêmica do 5º ano de Engenharia Agronômica da Esalq/USP

Há duas semanas iniciei meu estágio profissionalizante em Engenharia Agronômica no Idesam, experiência que até então tem sido muito enriquecedora. A equipe de Apuí me recebeu com entusiasmo e perspectivas positivas com relação ao trabalho que pretendo desenvolver junto aos produtores, na área de cooperativismo.

O Idesam, que atua no município desde 2006, tem um compromisso de valorização do trabalho dos produtores familiares unido à conscientização da preservação ambiental. É emocionante presenciar o depoimento destas pessoas com relação aos projetos desenvolvidos junto a eles pela organização e a diferença que esse trabalho tem gerado em suas vidas.

Até o momento, tive a oportunidade de acompanhar a coleta de campo de um projeto de pós-graduação do Inpa, em parceria com o Idesam, voltado para o estudo de práticas agroecológicas na cultura do café. Além disso, acompanhei uma reunião de produtores do Projeto Café e também pude participar de capacitações de produtores e técnicos por profissionais do Idesam e ViaVerde na área da pecuária sustentável.

De quebra, participei ainda da primeira edição do cinema itinerante no município, uma iniciativa do Idesam ao incentivo à cultura em Apuí. A percepção é de que o Idesam, com sua atuação no município, vem construindo uma relação de confiança com os trabalhadores rurais e a comunidade.

Fico em Apuí até junho para a realização da minha pesquisa e tenho certeza que a vivência e a experiência que estou tendo serão de muito valor para minha vida, como pessoa e como profissional.

Posts relacionados

Deixe um comentário