Parceria incentiva Ecoturismo com selo “carbono neutro”

A partir de setembro deste ano, uma parceria entre o Projeto Carbono Neutro Idesam (PCN) e a empresa de turismo Tropical Tree Climbing vai permitir aos turistas visitar a Amazônia de maneira mais sustentável.

Ao fazer a reserva no site da TTC, os viajantes poderão optar pela neutralização das emissões referentes à hospedagem na pousada local, no município de Presidente Figueiredo (AM), e ao transporte até a floresta.

selo_carbono

As emissões referentes ao transporte e estadia dos aventureiros serão compensadas através do plantio de Sistemas Agroflorestais (SAFs) na Reserva do Uatumã, onde o Carbono Neutro já atua desde 2010. De acordo com Pedro Soares, coordenador do PCN, um dos objetivos da parceria é reforçar a ideia da carboneutralização. “Com essa parceria, nós queremos sensibilizar os visitantes sobre a importância de fazer um turismo consciente e de baixo impacto, além de estender os benefícios aos moradores da RDS (Reserva de Desenvolvimento Sustentável) do Uatumã, onde as mudas referentes à compensação serão plantadas”, destaca.

Saiba como são feitos os reflorestamentos do Programa Carbono Neutro

Especializada em escalada recreativa em árvores da Amazônia, a TTC conta com um público apreciador do ecossistema amazônico, da vida selvagem e atividades ao ar livre. Sendo assim, a parceria entre o IDESAM e a TCC não só contempla as necessidades dos amantes da natureza, como atende à crescente demanda por viagens “carbono zero”, buscando incentivar o turismo consciente. “O nosso público é bastante consciente e há tempos temos essa demanda. Com essa iniciativa, também conscientizaremos outras pessoas sobre a importância que este ato envolve”, explica Vanessa Marino, diretora administrativa e co-fundadora da TTC.

Ela destaca que o próximo passo será incluir no website da empresa uma ferramenta onde o viajante possa acompanhar os resultados da neutralização de suas emissões pleo PCN. A neutralização de carbono é uma tendência mundial, os turistas vêm se educando e questionando cada vez mais as consequências de todas as etapas de uma viagem”, comemora.

Posts relacionados

Deixe um comentário