Veja como neutralizar os poluentes que você produz todo dia

neutralizacao-de-emissoes

Portal Amazônia – Já parou para pensar em uma maneira de compensar os possíveis danos que você causa ao meio ambiente todos os dias? Quase tudo o que se faz causa direta ou indiretamente emissão de gás carbônico (CO2) – um dos vilões do efeito estufa. É uma tarefa difícil reduzir a produção do gás, mas existem maneiras de a população compensar os prejuízos provocados ao planeta. Uma delas é a neutralização de carbono através do plantio de árvores em áreas de reflorestamento.

A neutralização é realizada com plantio de espécies madeireiras e frutíferas na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Uatumã, localizada a 250 quilômetros a Nordeste de Manaus. “Na RDS Uatumã unimos reflorestamento à toda atividade do produtor em prol de seu sustento. Ou seja, adequamos o plantio às necessidades dos produtores”, explicou o pesquisador do Idesam, Pedro Gandolfo.

O Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (Idesam) criou uma calculadora de emissões de carbono do Programa Carbono Neutro (PCN).  No site do instituto, a quantidade de CO2 emitida por cada pessoa pode  ser calculada a partir do consumo de combustível, energia elétrica,  viagens aéreas e uso de gás de cozinha.

“A neutralização do carbono é de extrema importância para a sociedade, uma vez que todos nós fazemos parte desta problemática. Todos deviam assumir o seu papel. As pessoas devem fazer a sua parte e buscar um meio ambiente mais equilibrado”, argumentou Gandolfo.

Reserva – Na reserva, vivem cerca de 300 famílias distribuídas em 20 comunidades. As principais atividades econômicas são agricultura familiar, pesca comercial, turismo de pesca esportiva, exploração florestal madeireira e extrativismo de produtos florestais não-madereiros. E em breve, a comunidade também adotará turismo de base comunitária.

Link original: http://www.portalamazonia.com/noticias/meio-ambiente/20140116/veja-como-neutralizar-poluentes-que-voce-produz-todo-dia/3590.shtml

Posts relacionados

Deixe um comentário