BR-319: Monitoramento e Recomendações

content image
BR-319: Monitoramento e Recomendações

O impacto do asfaltamento da rodovia BR-319 nas mudanças de cobertura do solo, nos movimentos migratórios e no bem-estar das populações que vivem nessas regiões é a principal linha de atuação dessa iniciativa no Idesam.

Desde 2009, o Idesam iniciou sua participação em fóruns e consultas públicas, onde busca destacar a importância da realização de um processo transparente e que atenda a todas as normas e exigências socioambientais para a conclusão da obra.

Entre 2017 e 2019, com apoio da Fundação Moore, o instituto realizou uma série de estudos a fim de analisar os impactos da repavimentação nos municípios, nas unidades de conservação e nas florestas que fazem parte da área de influência da estrada federal. Esse projeto permitiu ainda a criação do Observatório da BR-319, em conjunto com várias organizações e ambientalistas que atuam na região.

Em 2020, uma nova iniciativa surge, com objetivo de garantir as salvaguardas socioambientais para as comunidades afetadas pela rodovia. O projeto também é financiado pela Fundação Moore e congrega organizações como CNS (Conselho Nacional das Populações Agroextrativistas), Coiab (Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira), IIEB (Instituto Internacional de Educação do Brasil) e WWF-Brasil.

Série de estudos

Durante a primeira fase do projeto (2017-2018) o Idesam publicou dois estudos com foco na área de influência da BR-319. Um terceiro estudo, liderado pelo pesquisador e Nobel Philip Fearnside, também foi apoiado pelo projeto.

Observatório BR-319

A ideia da criação do Observatório BR-319 surgiu em julho de 2017, quando diversas ONGs ambientalistas que atuam no Amazonas se reuniram e alinharam seus posicionamentos em relação à recuperação e reconstrução da rodovia, chegando ao consenso de que medidas prévias mínimas devem ser implementadas com o objetivo de garantir o ordenamento territorial e a gestão ambiental na região.

Hoje, o coletivo é uma parceria entre mais de 10 instituições e atores que acreditam que o desenvolvimento do país e, especificamente da Região Amazônica, deve ser acompanhado de responsabilidade socioambiental.

Acesse o site do Observatório aqui.

Informativo do OBR-319

Atualmente, como secretario executivo do Observatório, o Idesam divulga, mensalmente, um informativo com notícias e conteúdos selecionados e estratégicos sobre a área de influência da BR-319.

Além disso, os pesquisadores também realizam um monitoramento dos dados de desmatamento e focos de calor na área do estudo. No período de pandemia, esse monitoramento contempla ainda os dados de COVID-19 divulgados pelos órgãos competentes de saúde.

Em formato digital e interativo, ele pode ser acessado em idesam.org/informativo-br319. Os interessados em recebê-lo mensalmente por e-mail também pode se cadastrar em: bit.ly/br-319.

Confira as

Notícias Relacionadas

Onde Atuamos

Em breve

Parceiros e Financiadores

Relacionados