Capacitação aborda boas práticas na produção leiteira

Por Priscila Rabassa – 

A adoção de técnicas simples do desenvolvimento da pecuária leiteira pode gerar importantes melhorias na qualidade do produto final, aumentar a renda dos produtores rurais e ainda contribuir para a preservação ambiental. Para difundir essas técnicas, o Idesam, em parceria com a empresa ViaVerde, promoveu, nos dias 30 e 31 de janeiro, mais um módulo da Capacitação Continuada em Pecuária Sustentável para pequenos produtores rurais da zona rural de Apuí.

O curso, que nesta edição foi realizado no setor Três Estados, tem como objetivo mostrar aos pequenos produtores como aumentar a produtividade do rebanho. Na ocasião, também participaram técnicos extensionistas que prestam assistência técnica em projetos de assentamentos do Incra nas regiões de Apuí e Matupi.

>> Idesam inicia assessoria técnica em assentamentos do Incra no AM

“A meta é conscientizar os produtores que, através de técnicas de manejo, eles podem recuperar os locais degradados, sem a necessidade de devastar novas áreas. Além disso, é importante capacitar os extensionistas, já que eles trabalham diretamente com os produtores”, afirma o consultor da ViaVerde, Murilo Bettarello.

Durante o primeiro dia, a capacitação abordou temas de boas práticas na produção leiteira como o manejo das pastagens e do rebanho. Os participantes, reunidos na Escola Municipal Vilma Lemos, também puderam aprender sobre as vantagens do uso de leguminosas, da arborização de pastagens, do uso do manejo sanitário e das boas práticas de ordenha.

No segundo dia da atividade, os participantes conheceram a Fazendo Alto Alegre, dos produtores José Cardoso e Maria do Cordeiro, cadastrados no projeto Semeando Sustentabilidade em Apuí. As técnicas ensinadas no dia anterior foram mostradas na prática, através da Unidade Demonstrativa de Sistema Silvipastoril.

Para o produtor José Cardoso, a capacitação é uma oportunidade para troca de experiências e disseminação de novas técnicas, para que práticas nocivas ao solo e ao meio ambiente não sejam repetidas.

“Não tínhamos o cuidado de manejar o pasto e hoje o resultado é este, um pasto degradado. Pra ficar de acordo com o meio ambiente, a gente não pode mais degradar, tem que gastar mais para recuperar e começar a preservar. Mas estamos conseguindo melhorar”, declara.

A capacitação continuada em Pecuária Sustentável, realizada no âmbito do projeto SSA, acontece a cada três meses em diferentes locais no munícipio. É uma atividade gratuita e qualquer produtor pode participar. O evento é realizado pelo Idesam, em parceria com a Prefeitura de Apuí e a empresa ViaVerde, e tem apoio financeiro do Fundo Vale.

Posts relacionados

Deixe um comentário