Carbono Neutro é apresentado no estande do Reino Unido na Rio+20

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

21 de junho de 2012

 

No dia 16 de junho, o Programa Carbono Neutro (PCN) foi tema de uma palestra realizada no estande do Reino Unido, no Parque dos Atletas, zona oeste do Rio de Janeiro. O Parque dos Atletas é um espaço montado paralelamente à Rio+20, e concentra exposições de mais de 50 países, instituições e estados brasileiros, que levaram exemplos de iniciativas sustentáveis.000-958

 

O responsável pela apresentação foi o coordenador do programa, o pesquisador Pedro Soares. Durante a apresentação, ele falou sobre as metodologias empregadas no cálculo das emissões de carbono e também os benefícios que o programa oferece, não só para o clima, com o plantio de árvores, como para os moradores das comunidades tradicionais onde elas são plantadas, que ganham maior segurança alimentar e uma nova alternativa de renda com a implantação dos sistemas agroflorestais.

 

CARBONO_RIO20

 

 

Os SAFs, como são conhecidos os sistemas agroflorestais, são sistemas que reúnem culturas agrícolas e espécies florestais. A metodologia é definida a partir da escolha de espécies que tragam benefícios para o terreno assim como produtos para o agricultor. “No sistema atual, depois que uma área está abandonada pro cinco anos, ela é queimada e utilizada para a produção de mandioca, e durante esse período o estoque de carbono é próximo de zero. Depois disso é abandonada novamente por cerca de cinco anos e mais uma vez é queimada para novos plantios e esse ciclo continua se repetindo”, explicou o pesquisador.

 

Na comparação entre os estoques de carbono resultantes do sistema agroflorestal e do uso tradicional, o pesquisador explicou que, enquanto o primeiro permite um aumento crescente no sequestro de carbono para até 333 tCO2/ha ao final de 27 anos, o segundo não permite esse crescimento, limitando a média de sequestro a apenas 30 toneladas.

 

A participação no estande do Reino Unido foi viabilizado através do British Council, do qual o pesquisador é membro desde 2010. O British Council é uma organização sem fins lucrativos que atua em mais de 100 países e tem como objetivo fortalecer os laços entre o Reino Unido e os países onde está presente através da construção de relacionamentos mutuamente benéficos em Artes, Educação, Esportes e Língua Inglesa.
A30-327 exams

 

Compartilhe esta notícia

Related Posts

Leave a comment