Jornal Em Tempo tem edição histórica ‘CO2 Neutro’

edicao-jornal-em-tempo-co2-neutro-28anos

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Por Izamir Barbosa

Em meio às comemorações pelos 28 anos de atividades do jornal Amazonas Em Tempo, o grupo Raman Neves de Comunicação inova ao produzir uma edição completamente CO2 Neutro do jornal, através da compensação de emissões pelo Programa Carbono Neutro Idesam.

O primeiro fim de semana do mês de setembro foi especial não só pelo dia da Amazônia (5 de setembro), mas também pelos 28 anos do jornal Amazonas Em Tempo, completos no último domingo (6). Como forma de unir as duas datas em uma só comemoração, a empresa de comunicação e o Idesam, em parceria, produziram uma edição comemorativa “CO2 Neutro” do jornal.

Após realizados os estudos necessários sobre as emissões  de GEE (gases de efeito estufa) para produzir a edição comemorativa do dia 6 de setembro, o Idesam concedeu o selo Produto CO2 Neutro, o que é um marco para os jornais brasileiros, conforme Gibson Araújo, gerente comercial do Jornal Em Tempo.

“Já é realidade dentro do Em Tempo a questão da sustentabilidade. Hoje passamos a ter uma maior preocupação com o destino dos resíduos que são descartados no nosso processo produtivo e também uma consciência mais abrangente para os nossos clientes. Estamos formando leitores ao propormos essa consciência limpa e sustentável”, reforça.

Para compensar a produção da tiragem de domingo do jornal, será necessário plantar 183 árvores, o equivalente ao reflorestamento de uma área de 2.191 metros quadrados na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã. O plantio será realizado a partir de dezembro deste ano, durante o período de chuvas na Região Amazônica.

“É uma atitude inédita para o jornalismo brasileiro. É ótimo ver o Em Tempo tomar essa postura com o seu público e região, fazendo dessa iniciativa algo nobre”, destaca Flávio Cremonesi, gerente do programa de carboneutralização.

Publicado originalmente no blog Carbono Neutro Idesam.

Related Posts

Leave a comment