Estados do Brasil e Peru comparam resultados em desenvolvimento de REDD+

content image
Estados do Brasil e Peru comparam resultados em desenvolvimento de REDD+

Comunicação Idesam

No dia 5 de dezembro, o Conselho Inter-regional Amazônico – Ciam, a Força Tarefa GCF e o Idesam, realizaram o evento “Rumo a um desenvolvimento de baixa emissão de carbono para a Amazônia: experiências entre Brasil e Peru”. O evento fez parte da agenda de side-events da COP20, que acontece desde 1º de dezembro na capital peruana.

O evento teve como objetivo analisar os avanços e desafios das políticas subnacionais para um desenvolvimento de baixa emissão de carbono nas regiões amazônicas do Peru e do Brasil. A programação contou com apresentações de líderes de estado de ambos os países e com espaço para debater programas jurisdicionais de baixo carbono.

Convidado a palestrar no evento, o pesquisador sênior do Idesam, Mariano Cenamo,  apresentou o panorama do REDD+ no Brasil e também os programas jurisdicionais que estão sendo desenvolvidos nos estados amazônicos. O governo do Acre também esteve presente e mostrou a experiência do estado, que hoje é considerado um dos mais avançados em desenvolvimento de baixas emissões.

COP 20: Lima, Peru

Contando com representantes de mais de 190 países, a Conferência Climática das Nações Unidas teve o desafio de elaborar um rascunho do novo acordo de emissões de gases-estufa, que deve ser assinado ano que vem, na conferência que será realizada em Paris. O novo acordo substitui o antigo Protocolo de Kyoto, cuja validade venceu no ano passado.

Além do evento em parceria com o Ciam, GCF e Idesam também promoveram o debate “Amazônia Brasileira – integração das estratégias para o clima e as florestas rumo à Paris”, reunindo representantes dos Estados da Amazônia brasileira para discutir uma possível integração com a estratégia nacional de REDD+, que vem sendo construída pelo Ministério do Meio Ambiente. Confira o resultado do evento neste link.