Idesam inicia ações de desenvolvimento sustentável com a Secretaria de Meio Ambiente de Apuí

6 de abril de 2011

 

O Idesam, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente do município, aprovou o projeto “Semeando Sustentabilidade em Apuí” junto ao Fundo Vale de Desenvolvimento Sustentável para a condução de uma série de ações durante os anos de 2011 e 2012.

 

Contexto

 

O Apuí é o terceiro município com maior área desmatada do Estado do Amazonas e o 11º mais desmatado no biênio 2009/2010 em toda a Amazônia. A expansão do desmatamento está relacionada à baixa governança florestal e fundiária, e à ausência de programas adequados de infra-estrutura e assistência técnica que permitam um desenvolvimento econômico com bases sustentáveis no município. O IDESAM e a gestão municipal atual estão tentando mudar esse cenário. O grande desafio é fazer com que propostas de ordenamento territorial e fundiário sejam implementadas associadas a programas de regularização ambiental e promoção do desenvolvimento de novas cadeias produtivas sustentáveis (florestais e agrícolas).

 

Histórico

 

A atuação do IDESAM no município desde 2007 vem fomentando possibilidades de mudança de postura e políticas junto à administração pública municipal. A gestão atual (2008-2012), ao contrário das gestões anteriores, incorporou fortemente a proposta de desenvolver programas e práticas ambientais para o município. A meta principal do projeto é envolver o poder público e a população local na criação de bases fundamentais de um programa municipal de desenvolvimento sustentável, de forma a viabilizar sua implementação durante os anos de 2011 e 2012.

 

Objetivos

 

O projeto tem como eixos centrais o estabelecimento de atividades produtivas e de restauração, desde atividades de base florestal, como reflorestamento, até associadas à intensificação da atividade pecuária. Como tema transversal aos dois eixos principais, o projeto visa ainda fortalecer, capacitar e equipar a administração local e demais atores relevantes para a gestão ambiental do município.

 

Dentro desse contexto, as principais propostas dessa iniciativa são:

 

(i) fortalecer e estruturar a Secretaria Municipal de Meio Ambiente para a gestão de atividades florestais;
(ii) capacitar e “empoderar” atores locais no tema da gestão florestal, produção sustentável e educação ambiental;
(iii) estruturar uma rede de coleta de sementes, com estratégia de mercado associada e viveiros de mudas;
(iv) apoiar as atividades de reflorestamento de APPs e RLs no município;
(v) aprofundar e ampliar estudos de recuperação e manejo de pastagens para a implementação nas propriedades rurais de Apuí e;
(vi) elaborar um Plano de Desenvolvimento Local Sustentável para Apuí.

 

Em breve, o Idesam disponibilizará uma seção específica e um folder explicativo para o projeto em seu website, com notícias e acompanhamento periódico de suas ações.

 

logos_sustentabilidade

 

 

Compartilhe esta notícia

Posts relacionados

Deixe um comentário