DOE AGORA

Chamada Elos da Amazônia chega na sua terceira edição em busca de tecnologias inovadoras para a restauração florestal da Amazônia

Chamada Elos da Amazônia chega na sua terceira edição em busca de tecnologias inovadoras para a restauração florestal da Amazônia

Iniciativa busca soluções que possam render benefícios econômicos, sociais e ambientais à Amazônia Legal por meio da restauração de florestas

Por Diego Souza/Idesam
Foto: Rodrigo Duarte

 

Foi lançada nesta quarta-feira (14) a terceira edição da Chamada Elos da Amazônia. A “Chamada Elos” tem como missão reconhecer tecnologias inovadoras e disruptivas que solucionem gargalos nas cadeias produtivas da região. O foco da nova edição é a restauração florestal. 

Nesta edição, serão selecionadas até cinco propostas para compor a comunidade de bionegócios do Programa Prioritário de Bioeconomia (PPBio). As propostas escolhidas receberão apoio técnico na formalização de projetos para receber aporte via leis de Pesquisa e Desenvolvimento e serão inseridas na ampla rede de negócios do PPBio, dentre outros benefícios.

O diretor de Inovação em Bioeconomia do Idesam e coordenador do PPBio, Carlos Koury, afirma: “A ciência já comprovou as vantagens de modelos de produção em sistemas agroflorestais, assim como a importância da restauração de paisagens para a manutenção do clima e desenvolvimento de cadeias produtivas na Amazônia. Agora, devemos olhar para o próximo passo, que é enriquecer a cadeia produtiva dessa atividade. Ajudar a enriquecer o ecossistema promove uma nova oportunidade para que mais ações de produção e agendas de restauração de paisagens aconteçam de forma mais fluida e eficiente, gerando emprego e renda local”.

Podem participar da chamada pessoas físicas e jurídicas de todo o Brasil, com soluções dentro das seguintes perguntas norteadoras:

  • 1. Plantio, Manejo e Colheita
    Qual tecnologia inovadora para automação/mecanização de etapa(s) da cadeia de reflorestamento (plantio, manutenção ou colheita)?
  • 2. Sementes e Viveiros
    Qual tecnologia mais eficiente para produção de sementes e mudas, reduzindo custo e tempo de produção?
  • 3. Conexão e fluxos
    Qual a melhor inovação em arranjo produtivo com agregação de valor e engajamento nos elos da cadeia produtiva de sementes/mudas – plantio – manejo – comercialização?

 

A Chamada Elos da Amazônia é realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Conservação da Amazônia (Idesam), Programa Prioritário de Bioeconomia (PPBio) e Impact Hub Manaus, com financiamento do Partnerships for Forests e apoio da rede Uma Concertação pela Amazônia.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 09 de outubro, pelo site https://www.elosdaamazonia.org.br/

Chamadas anteriores

A primeira Chamada Elos da Amazônia buscou inovações para a cadeia do açaí e contou com 56 inscrições de 12 estados brasileiros diferentes, com propostas para os gargalos de agregação de valor, tecnologia para produção e gestão e relacionamento com o mercado. Dos 56 projetos inscritos, nove foram selecionados.

A segunda Chamada teve foco duplo nos óleos vegetais e castanha. Foram selecionados 11 projetos promissores de 131 inscrições vindas de 20 estados diferentes. Os gargalos prioritários foram boas práticas de produção; rastreabilidade; gestão empreendedora; secagem e padrão de embalagens.

Sobre o PPBio

O PPBio foi criado pela Suframa em 2019, é coordenado pelo Idesam e tem como objetivo mobilizar recursos da iniciativa privada para investimentos na bioeconomia amazônica. Até agosto de 2022, o programa captou mais de R$40 milhões com 27 empresas que foram investidos em mais de 30 projetos em cinco estados da Amazônia ocidental e Amapá.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WordPress Lightbox Plugin