Programa de Aceleração e Investimentos de Impacto da PPA

content image
Programa de Aceleração e Investimentos de Impacto da PPA

[:pt]

Criada em 2017, a Plataforma Parceiros Pela Amazônia (PPA) permite ao setor privado compartilhar cases de negócios bem-sucedidos e geradores de impacto social positivo, fortalecer negócios sustentáveis e suas cadeias produtivas, além de promover a troca de experiências, boas práticas e soluções para o desenvolvimento sustentável e conservação da biodiversidade.

Aliando responsabilidade socioambiental e inovação tecnológica, a PPA tem incentivado o ecossistema de impacto positivo da região, apoiando empresas e negócios inovadores.

O Programa de Investimentos e Aceleração de Negócios da PPA conta com apoio financeiro da USAID, Fundo Vale e Instituto Humanize. Atualmente, está em sua segunda turma e consiste no acompanhamento técnico, jurídico, contábil e de marketing para iniciativas que buscam se estruturar e alcançar melhores resultados na sua área de atuação.

Através do Programa já foram investidos cerca de R$ 6 milhões em 12 startups e negócios de impacto socioambiental.

O Idesam é coordenador e implementador dos Grupos Temáticos (GTs) 1 e 2 da Plataforma
Parceiros pela Amazônia, que inclui implementação de ações estratégicas de cada GT,
engajamento de membros, mobilização e coordenações de reuniões e encontros.

 
O século 21 trouxe o desafio de uma nova ordem econômica sustentável, ética e justa. Nesse cenário, a iniciativa privada tem papel fundamental para aperfeiçoar e agregar novas responsabilidades sociais, tecnológicas e ambientais, sem perder a competitividade nos negócios.

A Amazônia representa cerca de 60% do território brasileiro, detém mais da metade das florestas tropicais remanescentes no planeta e abriga a maior biodiversidade em uma floresta tropical no mundo. No entanto, a região gera menos de 8% do PIB nacional e está sob forte ameaça do uso insustentável dos recursos naturais. A solução exige um novo modelo de desenvolvimento econômico, capaz de aliar conservação da floresta e desenvolvimento socioeconômico, promovendo a geração de renda por meio da criação de oportunidades de negócios e do fomento ao empreendedorismo entre as populações locais.

O setor privado está na vanguarda desse movimento, e muitas companhias já estão atentas às oportunidades de crescer e promover mudança social ao mesmo tempo. Tais iniciativas inspiraram a criação da Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA), liderada pelo setor privado, tendo como parceiros o Idesam (na coordenação executiva), Ciat e Usaid (principais apoiadores).

  • Troca de experiências, boas práticas e soluções para o desenvolvimento sustentável e a conservação da biodiversidade.
  • Estímulo a parcerias entre corporações, sociedade civil, governos, doadores e comunidades.
  • Promoção de encontros e treinamentos para aprimorar a educação, a pesquisa, a ciência e a tecnologia.
  • Fortalecimento das relações nacionais e internacionais com governos, iniciativa privada e organizações da sociedade civil;
  • Criação de uma plataforma de investimento para formular e implementar ações em favor do desenvolvimento sustentável da Amazônia.
  • Estimular investimentos socialmente responsáveis e econômica e ambientalmente sustentáveis.

Qualquer empresa instalada nos estados da Amazônia ou que possua relação comercial estratégica com a região pode participar. As portas estão abertas também para organizações que queiram contribuir para a defesa dessa causa e serem reconhecidas como engajadas e atuantes pelo mercado e pela sociedade. Basta compartilhar de nossos objetivos.
No âmbito do GT1- Empreendedorismo e investimento de impacto e aceleração de negócios sustentáveis, o Idesam lidera as seguintes ações, em parceria com membros do GT:

1- Fortalecimento do Ecossistema de Negócios e Investimentos de Impacto através da realização de eventos, encontros, estudos estratégico e produção e disseminação de conteúdo.

2- Mapeamento e Seleção de Negócios de Impacto (screening process), através da Chamada de Negócios da PPA, que ocorre anualmente e busca selecionar negócios para ciclos de aceleração e captação de investimento de impacto.

3- Mobilização e Fomento a Investimentos em Negócios Sustentáveis da Amazônia, por meio de Realização de Rodadas de Investimentos, ao estilo Shark Tank, que reúnem investidores de impacto, institutos e fundações filantrópicas e os negócios selecionados. Destaca-se aqui a inovação no modelo de financiamento (Blended Finance ou Financiamento Híbrido), opções customizadas e adaptadas aos diversos tipos de negócios de impacto, unindo diversidade de fontes (capital privado e filantrópico) e de mecanismos financeiros em acordo com os diferentes estágios e necessidades dos empreendimentos.

4- Fortalecimento e Aceleração de Negócios Sustentáveis da Amazônia através da Implementação do Programa de Aceleração de Negócios de Impacto da PPA, que inclui workshops presenciais, mentorias individualizadas, acompanhamento dos negócios, webinares temáticos, bolsas de estudo e apoio logístico para participação em eventos ou cursos, além de assessoria contábil, jurídica e de marca.

5- Implementação de plano integrado de monitoramento, avaliação e aprendizagem, que inclui monitoramento e avaliação de Impacto socioambiental e retornos financeiros dos negócios apoiados via aceleração/capacitações e investimentos.

No âmbito do GT2- Empreendedorismo e investimento de impacto e aceleração de negócios sustentáveis, o Idesam lidera as seguintes ações, em parceria com membros do GT:

1- Busca de oportunidades estratégicas de investimento em startups e negócios locais, com foco em bioeconomia;

2- Criação de arranjos inovadores e criativos para conexão e integração às cadeias produtivas de grandes empresas é também um dos caminhos que a PPA visa desenvolver.

3- Mapeamento e identificação de novas oportunidades conectadas à cadeias da bioeconomia, que geram renda, promovem a conservação florestal e ainda fomentam inovação e novas parcerias.

Notícias Relacionadas

Mapa de Atuação

[put_wpgm id=59]

Nossos parceiros

Usaid

Ciat

Ecam

Instituto Peabiru

[:en]

The 21st century brought the challenge of a new economic order that needs to be sustainable, ethical and just. In this scenario, the private sector plays a fundamental role in improving and bringing together new social, technological and environmental responsibilities, without losing its competitiveness.

The Legal Amazon region represents about 60% of the Brazilian territory, holds more than half of the remaining tropical forests on the planet and harbors the greatest biodiversity in a tropical forest in the world. However, the region generates less than 8% of the national GDP, making natural resource exploitation the likely alternative for economic growth. The solution requires a new model of economic development that combines forest conservation and socio-economic development, income generation through the creation of business opportunities and entrepreneurship development with local communities and stakeholders.

The private sector is at the forefront of this movement, and many companies are already aware of the opportunities to grow and promote social change at the same time. These initiatives have inspired the creation of the Partnership Platform for the Amazon (PPA), led by the private sector, in partsnership with Idesam, Ciat and Usaid.

 

  • Exchange experiences, best practices and solutions for sustainable development and biodiversity conservation.
  • Encourage partnerships between corporations, civil society, governments, communities and donors.
  • Promote activities and workshops in areas such as education, research, science and technology.
  • Strengthen national and international relations with governments, private sector and civil society organizations.
  • Create an investment mechanism to design and implement projects in favor of the sustainable development of the Amazon.

Any company based in the Amazon or that has a strategic commercial relationship with the region and is committed to sustainable development can participate. The doors are also open to organizations that want to contribute to this cause and to be recognized as engaged and active by the market and society. Sharing our goals is the only requirement.

  • Identification of companies and potential partners that wish to contribute
    to the sustainable socioeconomic development and biodiversity conservation of the Amazon and to be recognized as engaged and active by the market and society;
  • Establishment of partnerships to develop projects;
  • Outline a calendar of activities, and investment opportunities;
  • Facilitation of events, workshops and meetings;
  • Design internal and external communication structures (print, website,
    branding, visibility in the press);
  • Operation and structure of the PPA Project Fund.

Related News

Mapa de Atuação

[put_wpgm id=59]

Our partners

Usaid

Ciat

Ecam

Instituto Peabiru

[:]