Idesam participa do Fórum Sul-americano de Conservação da IUCN

content image
Idesam participa do Fórum Sul-americano de Conservação da IUCN

[:pt]Por Samuel Simões Neto

A partir desta segunda-feira (31), o Idesam se junta a mais de 60 organizações-membros da IUCN (World Conservation Union) no Fórum Sul-americano de Conservação, realizado em Quito (Equador) até o próximo dia 2/9. Além das organizações que compõem o grupo, estarão presentes governos, conselheiros e membros do secretariado e da diretoria da União.

O objetivo é discutir a construção do programa 2017-2020 da organização, através das contribuições dos participantes. Os presentes também poderão conhecer mais detalhes sobre os preparativos e mecanismos de participação do próximo Congresso Mundial de Conservação, que acontecerá em setembro de 2016, no Havaí.

O Idesam é membro da IUCN desde outubro de 2014 e esteve presente no Congresso Mundial de Áreas Protegidas (WPC, sigla em Inglês), realizado em novembro de 2014 em Sydney, Austrália. O evento reuniu mais de 6 mil membros da IUCN de todo o mundo e teve como principal resultado a construção da Promessa de Sydney.

Conforme Carlos Koury, diretor executivo do Idesam, o documento é “uma carta de compromissos dos associados IUCN para atuarem em seus diferentes contextos sociais de modo conectado, considerando recomendações de  ONGs, lideranças comunitárias e indígenas, setor privado, academia e governos”.

>> Idesam no Congresso Mundial de Áreas Protegidas

Para Koury, a discussão do plano de Trabalho no contexto regional [da América do Sul] permite contribuições especiais para a agenda amazônica, com ações de integração e implementação das unidades de conservação. “Promover a conservação aliada ao desenvolvimento social e a valoração da floresta é uma agenda em comum com a missão do Idesam”, defende.

[:]