Medicamentos e EPIs doados são destinados ao combate da COVID-19 no Amazonas

content image
Medicamentos e EPIs doados são destinados ao combate da COVID-19 no Amazonas

Por Priscila Rabassa
Foto: Divulgação

Distribuição ocorreu no período de 06 a 13 de agosto e contou com o apoio financeiro da Sitawi Finanças do Bem e The Coca-Cola Foundation.

O Regatão do Bem vem avançando nas ações de combate e prevenção ao novo coronavírus no Estado do Amazonas. Nas últimas semanas, quatro municípios – Apuí, Maués, Lábrea e RDS do Uatumã – foram beneficiados com a ação. Segundo dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS), em 16 de agosto, nessas localidades, havia registro de 4.628 casos confirmados e 69 mortes pela doença.

A ação social, que aconteceu no período de 6 a 13 de agosto, é uma iniciativa do Idesam em parceria com a Sitawi Finanças do Bem, organização social pioneira no desenvolvimento de soluções financeiras para impacto social, e The Coca-Cola Foundation que, juntas, doaram 868 kg de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) e medicamentos. 

O material tem por finalidade amenizar a demanda dos municípios face a pandemia do novo coronavírus, sendo destinado a 14 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e a um hospital. Ao todo, serão beneficiadas mais de 2 mil pessoas, entre pacientes e profissionais que atuam na área da saúde.

A entrega dos volumes contendo quase 4 mil EPIs, inclui máscaras, luvas, aventais, toucas, protetor facial, óculos de proteção e álcool líquido e álcool em gel 70% e serão concedidos aos profissionais de saúde que trabalham na linha de frente no combate à doença. Também foram entregues 75 testes para a COVID-19 e mais de 500 caixas de medicamentos e soros fisiológicos, que serão reservados ao tratamento de pacientes. 

De acordo com o Secretário Executivo de Saúde de Maués, José de Queiroz de Oliveira, os produtos entregues na Central de Medicamentos ajudarão no combate e na prevenção tanto dos profissionais como dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).  

“A doação será destinada a seis Unidades Básicas de Saúde, beneficiando em média 300 funcionários e mais de 1,2 mil pessoas que estão com a COVID-19 no município, auxiliando assim no tratamento da doença, visto que os medicamentos doados fazem parte do kit de fármacos utilizados nos pacientes com resultado laboratorial positivo para a COVID-19”, afirma.

Em Maués, não é a primeira vez que o sistema de saúde é apoiado pelas ações do Regatão do Bem. Em junho deste ano, a Casa de Saúde Indígena, o Hospital Raimunda Francisca Dinelli da Silva e 7 UBS foram contemplados com a doação de 480 litros de álcool, mais de 200 itens de limpeza contendo luvas descartáveis, detergente e água sanitária, além de máscaras e protetor facial para agentes de saúde do município. As doações foram fruto de uma parceria com a empresa Ambev e o projeto Aliança Guaraná de Maués

Profissionais de saúde recebem doações em Lábrea/AM

Em Lábrea, região do Rio Purus, onde já são mais de 2 mil casos confirmados e 28 óbitos, as doações recebidas foram entregues a UBS Chico Breve, que vem atendendo as demandas de pacientes com a COVID-19. No município de Apuí, localizado no sul do estado, os medicamentos e EPIs foram entregues à Secretaria de Saúde do Município, que fará a distribuição dos itens para seis UBS e para o Hospital Eduardo Braga. Em Apuí, 126 casos foram confirmados até o momento e nenhuma morte registrada.

Comunidades ribeirinhas

Distante 330 km de Manaus e localizada entre os municípios de Itapiranga e São Sebastião do Uatumã, a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, também sofre com os impactos gerados pela pandemia do novo coronavírus, que paralisou as principais atividades econômicas das 20 comunidades, onde vivem mais de 1,6 mil pessoas.

Para o gestor da RDS do Uatumã, Cristiano Gonçalves, o envio de medicamentos e EPIs é importante para trazer segurança e alívio aos moradores da Reserva.

“Apesar de poucas comunidades apresentarem alguns casos da doença, as doações são muito importantes, pois ajudarão a intensificar o trabalho dos agentes de saúde sem que os moradores precisem se deslocar para os municípios vizinhos atrás de tratamento. Isso vai contribuir para a prevenção e para a redução de contágio dentro da Reserva, onde moram 420 famílias”, declara 

A RDS do Uatumã também foi contemplada pelo Regatão do Bem no mês de julho, quando recebeu o auxílio de 500 cestas básicas e kits de higiene, doados pela Fundação Banco do Brasil, contribuindo para que as pessoas não precisassem sair da Reserva para comprar comida.

Além, dos medicamentos e EPI’s, cada Unidade Básica de Saúde, dos quatro municípios, e o hospital Eduardo Braga, de Apuí, receberam ainda 490 unidades de álcool gel 70%, doados pela rede O Boticário e pela União Amazonas, parceira do Idesam também nas doações de cestas básicas realizadas no mês de julho para 100 famílias carentes do bairro Cidade de Deus, em Manaus. O álcool gel é item essencial na prevenção ao novo coronavírus e será utilizado pelos profissionais de saúde.

Até o momento, o Regatão do Bem já apoiou 6 municípios do Estado do Amazonas com a entrega de mais de 77 toneladas de alimentos e produtos de higiene e segurança, impactando positivamente na vida de mais de 17 mil pessoas.Para dar continuidade as ações do Regatão do Bem, empresas, instituições ou pessoas físicas que queiram contribuir podem entrar em contato pelas redes sociais no FacebookInstagram ou Twitter (@idesam), ou fazer a doação diretamente no link idesam.org/apoie.