Comunidades do interior do Amazonas recebem auxílio para enfrentar a pandemia

entrega-cestas-apui-regataodobem

Cestas básicas e kits de higiene e segurança foram entregues a famílias em situação de vulnerabilidade.

 

Por Priscila Rabassa
Foto: Vanilse Constante

 

Ampliando as ações de apoio ao combate à pandemia causada pelo novo coronavírus no interior do Amazonas, o Idesam realizou, nos dias 4 e 5 de junho, a entrega de cestas básicas e álcool gel para produtores e agroextrativistas do município de Apuí, no sul do estado. A entrega dos mantimentos aconteceu em parceria com as associações comunitárias que atendem às famílias.

Na ocasião, as famílias cadastradas na APFOV (Associação dos Produtores Familiares Ouro Verde) e Asaga (Associação Agroextrativista Aripuanã Guariba) foram contempladas para receber 35 cestas com alimentos e 3 litros de álcool gel. A ação beneficiou 125 pessoas.

O auxílio veio da iniciativa da produtora local, Fábrica de Eventos, que angariou doações na live do cantor Thiaguinho, realizada no dia 23 de abril, no canal do cantor no Youtube. Dessas doações, 15 cestas já tinham sido destinadas, no final de maio, para famílias da Apadrit (Associação dos Produtores Agroextrativista da Assembleia de Deus do Rio Ituxi), em Lábrea, beneficiando 75 pessoas.

Já a empresa Sobrebarba, empresa no ramo de produtos naturais para barbas, parceira do Idesam no projeto Carbono Neutro, doou 6 litros de álcool gel, sendo 3 litros destinados para a Associação dos Produtores Familiares Ouro Verde, em Apuí, e o restante será entregue nas próximas semanas em comunidades da reserva do Uatumã, localizada entre os municípios de Itapiranga e São Sebastião do Uatumã, no leste do Amazonas.

 

Dificuldades

Em Apuí, como em outras regiões do interior, as implicações da pandemia têm limitado a chegada de alimentos e acesso a benefícios sociais, mudando a dinâmica das comunidades rurais que estão com o acesso limitado ao comércio e ao centro urbano por causa da suspensão do transporte intermunicipal.

“Sabemos das dificuldades que essas famílias estão passando com a diminuição nas vendas de seus produtos e para ter acesso ao auxílio emergencial do governo. Itens básicos para a sobrevivência estão ficando escassos. Por isso, a importância das doações serem feitas para ajudar essas pessoas a enfrentarem a crise”, afirma Marina Reia, Coordenadora do Idesam em Apuí.

A campanha, que faz parte da ação social Regatão do Bem, iniciativa do Idesam para apoiar às famílias que estão em vulnerabilidade econômica em razão do isolamento social, continuará vigente até o final do mês de julho. A previsão é ampliar as doações visando apoiar também famílias que fazem parte das associações de produtores e agroextrativistas nos municípios de Silves, Itapiranga e São Sebastião do Uatumã, localizadas no interior do Amazonas, além de comunidades carentes na capital, Manaus.

 

Números

Até o momento, o Regatão do Bem já totalizou a doação de 125 cestas básicas, 2.260 máscaras, 813 litros de álcool gel, apoiou a realização de 15 cadastros no Auxilio Emergencial e distribuiu 1.500 panfletos com orientação e prevenção contra a Covid-19 nos municípios de Apuí, Lábrea e Maués, beneficiando mais de 1000 pessoas.

A próxima ação prevê, até o momento, a distribuição de 800 cestas básicas e 800 kits de higiene arrecadados com o aporte financeiro do Banco do Brasil, além de 300 máscaras, doadas pelo Greenpeace, e mais 20 cestas básicas recebidas através de uma doação anônima. Os itens serão distribuídos nas comunidades assistidas pela campanha.

Empresas, instituições ou pessoas físicas que queiram ajudar com doações podem entrar em contato pelas redes sociais no Facebook, Instagram ou Twitter (@idesam), ou fazer a doação diretamente no link idesam.org/apoie.

Para acompanhar as ações da campanha, o Idesam lançou uma página onde disponibiliza os resultados e parcerias estabelecidas, no endereço idesam.org/regataodobem

Posts relacionados

Deixe um comentário