Celebrando nossos avanços

content image
Celebrando nossos avanços

Atuação da PPA ganha destaque em artigo na Folha de SP assinado por fundadores do Impact Hub

Publicado Originalmente em Folha de São Paulo

O Impact Hub começou em 2005 em Londres e teve sua segunda unidade em 2007 em São Paulo. Juntos os fundadores desses primeiros Impact Hubs e outros pioneiros apoiaram a criação de mais de 100 Impact Hubs no mundo, sempre liderados por pessoas locais.

Desde o início, as pessoas ficavam surpresas quando mencionávamos que o
Impact Hub São Paulo foi o segundo do mundo e que essa comunidade
empreendedora no Brasil começou antes das comunidades de São Francisco, Nova Iorque, Berlim e Tóquio.

Essa baixa autoestima não nos impulsiona a liderar mudanças que nós,
brasileiros, temos capacidade e contexto para fazer, como na bioeconomia.
Estamos acompanhando um trabalho incrível do Impact Hub Manaus, Idesam e vários outros atores que formam o PPA (Plataforma Parceiros pela Amazônia) para acelerar a bieconomia e pouco se fala a respeito no País.

Este ano, celebramos o fato da comunidade empreendedora Impact Hub no Brasil ser a maior do mundo!

O Impact Hub Floripa tem a maior comunidade empreendedora do mundo e, somadas, as comunidades empreendedoras de Curitiba, São Paulo, Belo
Horizonte, Brasília e Manaus chegamos a 3 mil membros. Além disso
impactamos mais de 10 mil pessoas por meio dos nossos programas de
empreendedorismo e inovação que beneficiam mais de 1 milhão de pessoas.

Um desses programas é o Salto Aceleradora de MEIs. Desde 2017 ele já acelerou mais de 2.000 microempreendedores individuais em mais de 120 cidades, em parceria com o Sebrae, com Prefeituras municipais, com cooperativas de microcrédito e com mais de 500 mentores voluntários. São 2.000 histórias de superação e crescimento econômico, além da prática da colaboração entre os participantes e com os mentores.

Outra iniciativa ousada é o Ideia.gov, hub de inovação que tem como objetivo trazer soluções de mercado e da sociedade para desafios do Governo do Estado de São Paulo. Em 2020, foram lançados 4 desafios para tecnologia em saúde, com 178 propostas recebidas e 8 soluções selecionadas.

Esta engrenagem gera uma dinâmica ganha-ganha-ganha: a startup ganha
acesso às compras públicas governamentais, a gestão pública ganha eficiência e os cidadãos ganham melhores serviços.

É claro que ainda há muito a ser feito para reduzir desigualdades, gerar
oportunidades para todos e combater as mudanças climáticas.

Mas vale uma pausa para reconhecer os avanços. Celebrar é fundamental para alimentarmos um ciclo virtuoso, no qual realizações inspiram mais
transformações por um país mais justo, inclusivo e próspero.

Relacionados