Idesam leva espaço ‘Escolhas Conscientes’ para Virada Sustentável de 2018

exposicao-embalagem

Comunicação Idesam

 

Com o tema ‘consumo consciente’, o Idesam garantiu mais uma participação na Virada Sustentável Manaus, que chega à sua quarta edição. Realizado por uma rede formada por mais de 50 organizações, coletivos e grupos voluntários, o evento acontece em vários pontos da cidade e somou, neste ano, mais de 150 atividades, distribuídas ao longo de dois dias de programação.

O Espaço ‘Escolhas Conscientes’, instalado no Musa do Largo, foi uma proposta para informar e conscientizar a população sobre os impactos – positivos e negativos – causados a  partir da simples aquisição ou consumo de produtos do nosso dia a dia.

“Ao colocarmos no carrinho de supermercado um produto que vem com indicativo de produto transgênico, ou com uma embalagem que não pode ser reciclada, estamos aumentando nossa pegada ambiental”, explica Samuel Simões Neto, coordenador de Comunicação do Idesam.

O espaço foi dividido em três atividades, entre as quais a principal foi a exposição ‘De olho na Embalagem’, com produtos cosméticos, alimentícios e de escritório divididos conforme o selo ou indicativo presente em suas embalagens.

“As pessoas consomem sem saber que estão contribuindo com práticas como testes em animais, uso de transgênicos e contaminação de solos e lençóis subterrâneos e até mesmo trabalho escravo. Em contraponto, existem empresas e organizações que já oferecem alternativas a esses produtos. Normalmente estas são mais caras pois ainda não atingiram público suficiente para baratear o custo de produção”, explica.

O espaço também contou com o ‘Cine Consciente’, realizado em parceria com a VideoCamp, uma plataforma online que reúne filmes de impacto disponíveis para exibições públicas gratuitas. Foram exibidos documentários como Verde Chorume, O Veneno Está na Mesa, Tô pouco me lixando, Sob a Pata do Boi, A natureza do Lixo e Amazônia Eterna.

Além disso, o público teve acesso a um ‘Empório Sustentável’, onde podia adquirir produtos de fabricação artesanal e sustentável que resultam de projetos e iniciativas locais e buscam atingir o ‘consumidor consciente’, como o Café Apuí Agroflorestal, o Chocolate Nakau e a Pimenta jiquitaia, produzida por mulheres da etnia Baniwa.  A ação foi realizada também em parceria com a iniciativa Amigos da Floresta.

 

Sobre a Virada Sustentável Manaus

A Virada Sustentável é um movimento de mobilização para a sustentabilidade que organiza o maior festival sobre o tema no Brasil, com dez edições na bagagem e passagem por cidades como Rio de Janeiro, Porto Alegre e Salvador. Em Manaus, é promovida anualmente em parceria com a FAS e um conselho criativo formado por mais de 40 organizações, que trabalham com ações educativas e socioculturais relacionadas à práticas saudáveis e sustentáveis.

A arte e atividades lúdicas são as principais ferramentas do evento para a difusão de informações sobre sustentabilidade na sociedade. A Virada Sustentável exige uma articulação e participação direta de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, coletivos de cultura, movimentos sociais, equipamentos culturais, empresas, escolas e universidades, entre outros, com o objetivo de apresentar uma visão positiva e inspiradora sobre a sustentabilidade e seus diferentes temas para a população.

Em Manaus, Idesam é uma das organizações do Conselho Criativo da Virada Sustentável desde 2015 e participa de diversas reuniões ao longo do ano para a organização do evento.

Deixe um comentário