Idesam e VerBem realizam doação de óculos para crianças e adolescentes de Manaus

verbem-abrigo-dona-wal

Por Camila Vasconcelos
Edição de Samuel Simões Neto

 

No dia 11 de agosto, o Idesam, em parceria com a VerBem Amazonas, realizou uma ação social com crianças e adolescentes do Lar Dona Wal, abrigo que cuida de mais de 65 jovens acolhidos em situação de vulnerabilidade social. A ação envolveu a realização de exames de vista, a confecção e entrega dos óculos, além de lanches e atividades recreativas para as crianças.

A atividade é decorrente de uma ação da ótica com a equipe do Idesam, que, em junho deste ano, gerou a compra de 17 pares de óculos para colaboradores do instituto.

Diferente de outras óticas, a VerBem é uma start-up com uma proposta de impacto social, onde cada óculos comercializado gera a doação de uma peça para comunidades carentes, de Manaus ou do interior do Estado. A escolha dos beneficiados pela ação fica a cargo dos próprios compradores.

“Escolhemos o Lar Dona Wal, pois acreditamos que essas pessoas executam um belíssimo trabalho, feito de forma completamente voluntária, que merece todo o apoio para continuar ajudando esses jovens”, explica Paola Bleicker, gerente institucional do Idesam.

Brenda Ribeiro, uma das ‘cuidadoras’ do abrigo que acompanhou a ação e selecionou as 17 crianças que receberam a doação, destacou que as dificuldades. Em ver bem influenciam diretamente o desempenho escolar. “Elas reclamam constantemente de dores de cabeça e da necessidade de sentar na frente na sala de aula para pode entender o que é passado na lousa”, declara.

Para Ribeiro, ações de apoio como essa são fundamentais para proporcionar bem-estar e melhor qualidade de vida para os jovens, uma vez que os recursos do abrigo são direcionados primeiramente para atender as necessidades básicas dos moradores do Lar.

A adolescente SAR, de 17 anos, lembra que teve os primeiros óculos aos 12 anos de idade, mas não teve condições de comprar um novo depois que o mesmo quebrou, em um jogo de futebol. Na visão da estudante, os estudos também são os mais afetados.

“Mesmo quando eu sento na frente da sala, só consigo enxergar bem quando os professores usam o pincel preto; quando usam o vermelho ou azul eu tenho dificuldade de entender o que está escrito”, explica.

 

Lar Dona Wal

O Lar Dona Wal foi criado nos anos 2000 e atualmente cuida de mais de 65 crianças e adolescentes. O abrigo é mantido com os recursos financeiros da proprietária do imóvel, Waldiza Ribeiro, e também recebe doações de empresas e voluntários que se solidarizam com a iniciativa.

Questionada sobre qual é a maior dificuldade enfrentada pelo lar, Brenda afirma: “A maior necessidade que enfrentamos no lar é em relação à alimentação. São muitas pessoas para alimentar, algumas vezes faltam alimentos, mas sempre damos um jeito de contornar a situação e seguimos adiante”.

Nos últimos meses, o Lar Dona Wal foi um dos que menos recebeu doações em Manaus. Ainda assim, conforme Brenda, o abrigo está sempre de portas abertas para ajudar crianças e adolescentes em situação de risco.

Posts relacionados

Deixe um comentário