DOE AGORA

Parcerias entre comunidades e empresas são tema do Fórum ‘Florestas Coletivas’

Parcerias entre comunidades e empresas são tema do Fórum ‘Florestas Coletivas’

Realizado por Idesam e Imaflora, evento busca aproximar diferentes agentes para desenvolvimento das ações de manejo florestal na região

 

Com informações da assessoria
Imagem: Divulgação

 

Com todo o potencial da região para a produção de madeira – legal – através de planos de manejo sustentáveis, é natural estabelecer uma projeção de evolução nesse mercado. Porém, para que essa tendência se confirme e essa evolução ocorra de forma justa e equilibrada, é essencial evoluir também nas parcerias entre comunidades e empresas do setor de base florestal.

Para discutir essas parcerias, o Idesam e o Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) realizam, no próximo dia 27 de outubro, o Fórum Florestas Coletivas. O evento conta com apoio da Aliança para o Clima e Uso da Terra (CLUA, na sigla em inglês) e será gratuito.

Segundo dados do Imaflora de 2017, o manejo florestal gerou mais de R$ 4,4 bilhões e mais de oito mil empregos no Brasil. O Fórum Florestas Coletivas fará um amplo debate sobre o assunto, principalmente para incentivar que comunidades tradicionais se unam para atuar com manejo florestal ou que façam acordos, baseadas em alguns critérios, com empresas madeireiras visando o manejo sustentável de suas florestas.

Considerando que esses acordos devem trazer benefícios sociais – como geração de emprego e renda, capacitações, inclusão de grupos vulneráveis, entre outros –, é necessário que as associações e cooperativas comunitárias estejam preparadas e capacitadas para exigir das empresas condições justas e conservação ambiental.

Banner de divulgação do evento.

Segundo o coordenador senior de projetos do Imaflora, Marco Lentini, o Fórum Florestas Coletivas apresentará as possibilidades de extração madeireira de forma qualificada. “Pesquisas apontam o aumento de taxas de desmatamento e de degradação ambiental de forma acelerada. Sabemos que o manejo florestal pode ser uma solução para isso e precisamos aumentar essas áreas manejadas na próxima década, com concessão de florestas públicas para que comunidades possam fazer acordos benéficos”, comentou.

Já o gerente florestal do Imaflora e líder do Fórum de Florestas Nativas e da Força Tarefa de Concessões da Coalizão Brasil, Leonardo Sobral, afirmou que, durante o fórum, serão lançados vídeos explicativos e uma cartilha com orientações sobre manejo florestal. Já aplicados no Amazonas e no Pará, os vídeos e das cartilhas podem ser utilizados em áreas com floresta de qualquer parte do Brasil.

O gerente de Manejo e Tecnologias Florestais do Idesam, André Vianna, destacou a importância de realizar mudanças nas formas de relacionamento entre empresas e comunidades. “O objetivo principal é que as organizações comunitárias desenvolvam o manejo sem a necessidade de recursos de filantropia ou de apoio governamental. Então, queremos tratar como essa relação com as empresas pode fomentar o manejo florestal comunitário a partir de relações com maior equilíbrio de poder entre as duas partes”, disse.

O Fórum – gratuito e aberto ao público – é voltado principalmente para lideranças comunitárias, pesquisadores, empresas madeireiras e instituições que atuam pela conservação do meio ambiente, questões socioambientais e de sociobioeconomia.

 

Participe do Fórum via Facebook

Participe do Fórum via Youtube

WordPress Lightbox Plugin