Produção de composto orgânico incentiva projetos em Apuí

content image
Produção de composto orgânico incentiva projetos em Apuí

Por Marcelo Jacaúna, técnico florestal do Idesam

No mês de agosto, tive a oportunidade de realizar, junto com mais três técnicos do Idesam, Júlio Almeida, Geovani Machado e Gleisson Oliveira, um dia de campo na vicinal Sebastião Pedro, KM-15, de propriedade do Sr. João Nilton, inscrito nos projetos Café e Semeando Sustentabilidade em Apuí.

O objetivo foi realizar uma atividade voltada para a produção de composto orgânico, visando aproveitar os resíduos disponíveis na propriedade para a complementação e nutrição das mudas.

Para quem não conhece, a compostagem é um processo de transformação da matéria orgânica bruta em um produto facilmente assimilável pelas plantas. Assim, o composto dá a possibilidade de cultivar plantas saudáveis e fortes, sem ter que recorrer ao uso de fertilizantes químicos.

No local, o composto está sendo produzido com palhas de café e feijão, folhas de bananeira e esterco de gado, e será utilizado nas atividades dos projetos desenvolvidos pelo Idesam no município, como o Sistema Silvipastoril, Café em Agrofloresta, jardim clonal (café), assim como na horta caseira do produtor.

A previsão é produzir, na propriedade de João Nilton, aproximadamente três toneladas de composto orgânico nos próximos dois meses.