‘Maués Eco Artes’ une consciência ambiental e manifestações artísticas na Terra do Guaraná

mostra-artes-urbanas-maues2-2018-2

Evento mostra como a arte e a preservação do meio ambiente precisam coexistir na cidade

 

Imagem: Arquivo Idesam

 

A Praia da Ponta da Maresia — um dos principais cartões-postais de Maués (AM) — será palco do Maués Eco Artes, evento que vai promover uma interação entre cultura, arte e meio ambiente, no dia 18 de novembro, a partir das 7h. Entre as atividades do Maués Eco Artes estão o transplante de árvores, produção e exposição de grafite, fotografias e arte indígena, tudo embalado por muita música ao vivo e DJs convidados.

Além da presença de artistas locais, o Maués Eco Artes conta ainda com uma Gincana Ecológica, que premiará até o terceiro colocado na competição, totalizando R$3 mil em prêmios. Para participar da gincana, a equipe deve se inscrever até o dia 14 de novembro, no Museu do Homem de Maués. A Gincana Ecológica tem por objetivo não só retirar lixo das praias, mas também incentivar os grupos inscritos a produzirem poesias, músicas e outras formas de expressão artística dentro do tema.

Segundo um dos organizadores, o artista e grafiteiro Eric Dammon, a ideia do evento surgiu em uma das reuniões dos Grupos de Trabalho da Aliança Guaraná de Maués (AGM), tendo em mente a preservação da natureza e a importância da educação ecológica, artística e social.  Dammon disse esperar que a mensagem do evento chegue a toda população mauesense, em especial aos jovens. Além da organização e curadoria, Dammon também vai participar na pintura de um painel grafitado que ficará exposto na orla da cidade, por onde boa parte dos visitantes chega a Maués.

“A gente quase não vê eventos desse tipo sendo realizados e a Aliança Guaraná de Maués veio fortalecer diversos âmbitos da sociedade local, principalmente na esfera da arte e da educação. A partir do momento que começaram as atividades da AGM, muitos artistas começaram a aparecer. Aqueceu mais a atividade cultural na cidade e Maués está sendo mais divulgada com essas ações”, ressalta Dammon.

O Maués Eco Artes terá ainda a participação de diferentes manifestações artísticas tradicionais, como o ritmo Gambá (Grupo Pingo de Luz), apresentações de cultura indígena com representantes povo Sateré-Mawé (comunidade Ilha Michiles), que contribuem compartilhando seus costumes, artesanato, músicas e até mesmo sua medicina ancestral.

O evento é uma realização da Aliança Guaraná de Maués em parceria com diversas organizações que apoiam a iniciativa, como o Idesam, Guaraná Antárctica, Ambev, Prefeitura de Maués, Usaid, Ifam, UEA, Hotel Miramar, Pousada Waikiru, Ponto de Cultura Cultuam, Mama Ekos, Urbanus e Mawezia Turismo.

Posts relacionados

Deixe um comentário