DOE AGORA

Amazônia ganha aceleradora de negócios de impacto

Amazônia ganha aceleradora de negócios de impacto

Spin-off do Programa de Aceleração da Plataforma Parceiros pela Amazônia, aceleradora já nasce com dois anos de experiência no ecossistema de impacto amazônico

 

Por Amaz Aceleradora

 

Após pouco mais de dois anos acelerando e investindo em negócios de impacto na Amazônia Legal, o Programa de Aceleração da Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) evoluiu e se transformou em uma aceleradora de impacto.

A AMAZ Aceleradora de Impacto nasce com a missão de apoiar empreendedores e negócios para superar os desafios  e peculiaridades do ecossistema na Amazônia.

E a aceleradora já começa com força total: promove uma Chamada de Negócios de Impacto para os negócios amazônicos entre 20/04 e 28/05.

“A AMAZ nasce com a ambição de ajudar a construir uma nova economia para a Amazônia. Acredito que essa economia surgirá a partir de negócios disruptivos que estarão voltados a resolver os problemas sociais e ambientais mais urgentes da região”, define Mariano Cenamo, CEO da AMAZ e diretor de novos negócios do Idesam.

“Em meio a condições extremamente desafiadoras e um ecossistema de impacto ainda nascente, os empreendedores enfrentam enfrentam todo tipo de dificuldade para alavancar seu negócio na Amazônia. O papel da AMAZ é apoiar esse empreendedor com capital, conhecimento e conexões. Indiretamente, acredito que estamos ajudando também a criar esse ecossistema de impacto e inovação na região”, completa.

O secretário-executivo da Plataforma Parceiros pela Amazônia, Augusto Corrêa, avalia o amadurecimento da AMAZ como uma evolução natural do Programa da PPA:

“A partir da liderança do Idesam, foi possível engajar diferentes parceiros para estabelecer um programa que promove a inovação, ao passo que cria oportunidades para as startups amazônicas se fortalecerem. Daqui para a frente, a iniciativa ganha novos contornos capazes de ampliar o potencial empreendedor da região e garantir a conservação de sua biodiversidade”, afirma.

A aceleradora é coordenada pelo Idesam e tem como parceiros estratégicos e fundadores Fundo Vale, Instituto Humanize, ICS, PPA,  Good Energies Foundation e Fundo JBS pela Amazônia. Conta também com uma ampla rede de parceiros como Move, SenseLab, Mercado Livre, ICE, Costa Brasil, Climate Ventures, e investidores privados.

 

Sobre a AMAZ

O nome AMAZ é uma homenagem à Amazônia, e faz também referência ao verbo amar, transmitindo o sentimento de respeito e carinho que a aceleradora tem pela floresta.

A AMAZ nasce na Amazônia, carrega sua biodiversidade nas cores vibrantes da nova identidade visual e expressa o amor em seu nome. A floresta em pé é a razão de existir da aceleradora e isso foi incorporado em todos seus pontos de contato: do nome ao universo visual, criados em parceria com a FutureBrand Brasil.

O portfólio do Programa de Aceleração da PPA será absorvido pela aceleradora. Os 12 negócios investidos nos dois últimos anos contarão com acompanhamento por mais cinco anos.

A AMAZ segue permeável aos estímulos e inputs do ecossistema de negócios e investimento de impacto na Amazônia e em permanente construção junto aos parceiros, apoiadores, investidores e empreendedores. Firme no propósito de fomentar novos modelos de desenvolvimento para a Amazônia, que mantenham a floresta em pé e gerem renda para suas comunidades.

A aceleradora é coordenada pelo Idesam e tem como parceiros estratégicos e fundadores Fundo Vale, Instituto Humanize, ICS, PPA,  Good Energies Foundation e Fundo JBS pela Amazônia. Conta também com uma ampla rede de parceiros como Move.Social, Sense-Lab, Mercado Livre, ICE, Costa Brasil, Climate Ventures, Darwin Startups e investidores privados.

 

Diferenças e semelhanças

O processo de aceleração da AMAZ tem diferenças em relação ao que foi desenvolvido nos dois anos de atuação do Programa de Aceleração, e esse redesenho foi possível, de modo assertivo, graças a essa experiência anterior.

Os negócios continuam sendo selecionados por chamadas públicas anuais, mas a seleção é composta por duas etapas:

Pré-aceleração, na qual os negócios inscritos são classificados a partir de entrevistas e análises, e os selecionados participam de um workshop e acompanhamento intensivo por um mês, com foco na construção da teoria de mudança, planos de negócio e construção de indicadores de impacto.

Aceleração, na qual os que tiverem melhor desempenho na etapa anterior são acelerados e receberão aporte financeiro inicial no valor de até R$ 200 mil.

A jornada de capacitação, que terá duração aproximada de 6 meses, inclui ciclo de formações, serviços personalizados sob demanda, mentorias com especialistas, bolsas de estudo, além de promover a conexão com ampla rede de empresas, fundos de investimento de impacto, organizações intermediárias e empreendedores do ecossistema de impacto da região norte e em nível nacional.

O mecanismo de financiamento da AMAZ é um fundo de financiamento híbrido (blended finance), que recebe investimento de institutos, fundações e investidores privados.

 

Sobre a Chamada de Negócios 2021

De 20/04 a 28/05 a AMAZ promove uma Chamada de Negócios para selecionar os empreendedores que serão acelerados em sua primeira turma, em 2021.

Para participar da Chamada, as iniciativas devem possuir foco de impacto na Amazônia rural; estar em operação, mesmo que em fases iniciais; estar localizados nos estados da Amazônia Legal, ou buscar atuar na região (assumam compromisso de iniciar a operação nos seis meses seguintes à seleção).

São esperados negócios sustentáveis nas áreas de alimentação, extrativismo, agricultura e pecuária sustentável, turismo sustentável, artesanato, moda, transporte, logística, geração de energia para áreas rurais e em outras áreas de atuação.

Ou seja, negócios que geram soluções para os principais problemas sociais e ambientais da Amazônia, buscando conservar ou recuperar áreas de floresta, conversar e valorizar a biodiversidade, gerar renda e qualidade de vida para as comunidades rurais e ribeirinhas.

Podem se inscrever empreendedores individuais, empresas em diferentes estágios de desenvolvimento, organizações não governamentais, cooperativas ou associações, coletivos, iniciativas ou organizações ainda não formalizadas.

Serão consideradas iniciativas que já estejam desenvolvendo atividades de forma prática e operacional: protótipo desenvolvido, em fase de teste de mercado; produto testado, em fase de lançamento no mercado; ou produto lançado, em fase de captação ou expansão.

Inscrições e o regulamento completo poderão ser acessados em amaz.org.br/chamada2021.

 

Sobre o Programa de Aceleração da PPA

O Programa de Aceleração e Investimento de Impacto da Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) foi criado em 2018, acelerou 30 negócios amazônicos e investiu em 12 deles.

Foi considerado o melhor programa de aceleração da região norte do Brasil segundo a Anprotec em 2019. No mesmo ano, ficou em segundo lugar na Chamada Soluções Inovadoras para o Desenvolvimento Sustentável, que selecionou as melhores iniciativas da América Latina que contribuem para alcançar os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) estabelecidos pelas Nações Unidas.

Em dois anos de atuação, investiu quase R$ 7,9 milhões em negócios amazônicos, trazendo opções customizadas e adaptadas aos diversos tipos de negócios, com diversidade de fontes (capital privado e filantrópico) e mecanismos financeiros.

Liderado por um grupo de empresas da PPA, o Programa foi coordenado pelo Idesam e teve apoio estratégico da USAID, Aliança Biodiversity & CIAT, Instituto Humanize, Fundo Vale e ICS.

WordPress Lightbox Plugin