DOE AGORA

‘Regatão do Bem’ ultrapassa a marca de 29 toneladas de mantimentos entregues a famílias carentes do Amazonas

‘Regatão do Bem’ ultrapassa a marca de 29 toneladas de mantimentos entregues a famílias carentes do Amazonas

A iniciativa reforça a solidariedade a pessoas em situação de vulnerabilidade e, portanto, mais expostas ao coronavírus.

 

Por Priscila Rabassa 

Foto: Divulgação

 

Até o momento, o Regatão do Bem, ação social coordenada pelo Idesam, já apoiou 67 comunidades do Amazonas, distribuindo 29.070 quilos de alimentos e kits de higiene e segurança, beneficiando mais de 11 mil pessoas.

Com foco em amparar famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social no estado gerada pela pandemia da covid-19, a ação tem contado com a solidariedade e a mobilização de empresas e parceiros institucionais, que estão ajudando no combate à doença com doações de materiais e serviços.

Inspirada por esse sentimento de solidariedade, a União Amazonas se juntou ao Regatão do Bem e arrecadou 1,15 tonelada de alimentos, o que resultou na  aquisição de 100 cestas básicas, que serão entregues a famílias carentes, beneficiando cerca de 400 pessoas em Manaus.

A União Amazonas é uma organização que reúne voluntários de grupos da sociedade civil do estado que recolhem e distribuem alimentos a pessoas mais afetadas pela pandemia. A organização faz parte do União BR, movimento que atua em âmbito nacional e reúne mais de 10 estados brasileiros em prol de um único objetivo: salvar vidas.

“Acreditamos no trabalho realizado pelo Idesam e em seus projetos visando melhorar a qualidade de vida das pessoas. Por isso, vendo a situação atual do nosso estado, onde os índices da Covid-19 são altos, faz todo sentido apoiar o Regatão do Bem”, declara Cláudio Soares, representante da União Amazonas.

De acordo com a diretora executiva do Idesam, Paola Bleicker, esse é o momento de unir esforços e se solidarizar para dar assistência a quem mais precisa.

“Estamos em contato continuo com empresas, instituições e sociedade civil que queiram dar suporte as comunidades mais expostas ao coronavírus, assim como fez a União Amazonas e outros parceiros do Idesam. Essa junção de esforços é fundamental para tentar amenizar as dificuldades que muitas famílias estão enfrentando nesse momento difícil”, destaca.

Ainda, segundo a diretora, a distribuição dos mantimentos está prevista para acontecer na próxima semana, priorizando as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social. 

“Esta semana será para identificar as famílias aptas a receber o auxílio, mapeamento que está sendo realizado pela equipe dos Mudadores de Rua, grupo de ações sociais sem fins lucrativos de Manaus; e para planejar a logística de entrega o mais rápido possível”, afirma.

Doações – Em busca de novos parceiros, pessoas físicas ou jurídicas podem contribuir com doações em dinheiro ou de cestas básicas, itens de segurança (máscaras, protetor facial e álcool gel) e produtos de limpeza. Os kits são compostos por alimentos da cesta básica, como arroz, feijão, massa, açúcar, farinha, sal, óleo, café e leite em pó, por exemplo. Além disso, as famílias recebem produtos de higiene e limpeza como água sanitária, sabão em barra, desinfetante, papel higiênico e álcool em gel. 

Para saber como doar, acesse idesam.org/regataodobem

 

WordPress Lightbox Plugin