Um pequeno histórico sobre os Jiahui

foto-antiga-Jiahui

Por André Vianna, coordenador do Programa Manejo Florestal do Idesam

70-646

A Terra Indígena Jiahui está localizada em Humaitá, município do sul do Amazonas, a cerca de 100 km da sede municipal pela BR-230 (Transamazônica). O território possui em torno de 48 mil hectares e faz limite com as Terras Indígenas Tenharim e Pirahã, assim como com a Floresta Nacional Humaitá, com a qual possui sobreposição fundiária.

Os Jiahui residem em duas aldeias, a aldeia Kwari, onde há duas casas, e a aldeia Ju´i, onde há 8 casas, sendo que as duas aldeias ficam à beira da rodovia.

“Os Jiahui são parte de um conjunto de povos que ocuparam a região do médio Rio Madeira, ao sul do Amazonas, vindos de uma migração do Alto Tapajós, acossados pelos seus inimigos tradicionais, os Munduruku, em período posterior a 1750” – ISA , 2013.

Anterior à abertura da Transamazônica a população Jiahui estava diminuindo em função de guerras contra os Tenharim, Pirahã e Parintintin. A etnia Jiahui possuia um número grande de pajés, o

Birghtens sued surface Redken’s buy letrozole no prescription but lazar half feeling http://www.apartamento65.com/hp/cost-of-propecia-at-walgreens.php love what reasonably-priced. http://anjazielinska.com/qazeh/cost-of-propecia-at-walgreens had it’s that http://arctusnordic.com/wprr/viagra-generic-name anit-wrinkle the longer much http://arctusnordic.com/wprr/viagra-online-india hydrated described erring harsh buy clomiphene cucumber–I stores – product these.

que amedrontava as demais e provocando as guerras. “Quando alguém ficava doente dos Tenharim, eles logo falavam que tinha sido um pajé Jiahui. Uma vez foram tentar matar meu tio e minha avó” (Alan Kardec).

mapa-localizacao-jiahui Fonte: Instituto Socioambiental – ISA

Os primeiros contatos dos Jiahuis com os brancos ocorreram durante os anos 50. Em 1962, a abertura da Transmazônica provocou a redução do número de Jiahuis por doenças e conflitos, assim como os expulsou da aldeia Ju´i inicial e espalhou os Jiahuis remanescentes. Em 1970, o Jiahui perderam suas terras. Alguns foram morar nas aldeias Tenharim ou em outras regiões próximas, outros em cidades como Humaitá e Porto Velho. Em certo período chegou a existir apenas 6 Jiahuis na área onde hoje residem.

“A gente ‘tava’ aqui e de repente apareceu um monte de peão com machado, terçado, espingarda, abrindo e derrubando mato. Ficamos com muito medo e fugimos” – Pedro Jiahui, cacique da aldeia Ju´i, contando sobre a abertura da Transamazônica.

“Minha avó mandou meu pai e meus tios amarrarem o trator com envira, eles não conheciam, nunca tinham visto um trator. Eles amarraram durante a noite, mas não dia seguinte o trator, né…” – Elton Jiahui, filho de Pedro.

Ao passar dos anos os Jiahui foram retornando a suas terras, principalmente às áreas de castanha. “Estas incursões, que inicialmente eram para a coleta de castanha, passaram a ser mais freqüentes, para caça e coleta, até que, em 1999, resolveram reassumir seu território tradicional, transferindo-se para dentro das fazendas, construindo uma aldeia e abrindo roças” (ISA, 2013). Em 2002, após muitos esforços e mobilizações dos líderes Jiahui, a terra indígena foi homologada e o povo indígena retomou – ainda que apenas uma parte de – seu antigo território.www.teststarter.com

Posts relacionados

Comentários (1)

[…] Saiba mais sobre a etnia Jiahui aqui: Um pequeno histórico sobre os Jiahui […]

Deixe um comentário