(Português do Brasil) Cidades Florestais busca profissionais para atuar em diferentes áreas do projeto

curso-maq e equip-1

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Gestão contábil e consultoria em procedimentos florestais são algumas das oportunidades oferecidas

Empresa/Profissional contratado: TDR Nº 012: Biozer da Amazônia;

TDR Nº 014: Rupee Enterprise Premium;

TDR Nº 015: Guilherme Berwerth Stucchi ME;

TDR Nº 016: Diego Brandão;

TDR Nº 017: Estúdio Onda;

TDR Nº 022: Renan Kamimura.

O Idesam está com processos de seleção abertos para a contratação de profissionais e bolsistas – pessoa física ou jurídica – que irão atuar no projeto Cidades Florestais em diversas áreas. As vagas vão desde a atividade contábil até a produção de vídeos, além de consultoria especializada em atividades florestais. Os interessados devem enviar suas propostas via e-mail até o dia 1° de março.

No primeiro processo, que pode ser acessado na íntegra do Termo de Referência (TDR N° 014) divulgado, o Idesam busca exclusivamente Pessoa Jurídica que irá realizar a gestão contábil para as 15 organizações sociais pertencentes ao Cidades Florestais. Preferencialmente com experiência no terceiro setor, a empresa deverá ofertar uma ferramenta que possa ser utilizada de forma remota e associada ao já existente aplicativo Cidades Florestais. A ferramenta precisa ser interativa e de fácil uso, com informações sobre exigências contábeis e que permita a interação entre organização social e contador, entre outras especificações que podem ser acessadas no edital.

Já o segundo processo (TDR N° 015) é voltado para a contratação de Consultor Pessoa Jurídica ou Física que vai trabalhar na Padronização de Procedimentos Operacionais do Cidades Florestais. A empresa ou profissional deverá possuir experiência em atividades florestais, procedimentos operacionais e segurança no trabalho. Entre as atividades da consultoria estão a revisão e elaboração de Procedimentos Operacionais para as ações de campo executadas pela equipe do Idesam e extensionistas do projeto Cidades Florestais, entre outras atividades que podem ser acessadas na íntegra do TDR.

O Idesam também busca pessoa jurídica para a elaboração de 13 peças audiovisuais, com duração de aproximadamente cinco minutos, cada. Além das peças originais, o material deverá ser otimizado para aplicação em plataformas de streaming, como YouTube, mídias sociais e do aplicativo desenvolvido para o projeto. Todo o material deve ser didático e em formato de animação, com conteúdo baseado em cartilhas que serão disponibilizadas pelo instituto.

Rede de óleos vegetais

A estruturação das usinas de óleos vegetais apoiadas pelo Cidades Florestais também abriu oportunidades para a contratação de pessoa jurídica, que segundo o TDR divulgado, atuaria nas 5 regiões beneficiadas pelo projeto no Amazonas (Apuí, Lábrea, Silves, Carauari, e RDS Uatumã). A empresa deve possuir experiência e qualificação no processo de extração de óleos vegetais oriundos do extrativismo, pois será responsável por realizar as capacitações necessárias para a utilização do aplicativo Cidades Florestais pelos usuários de cada mini usina do projeto.

A outra oportunidade nesse segmento é voltada para Consultoria e Assessoria em capacitação na operação de mini usinas para produção de óleos e azeites vegetais com base nos padrões exigidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). A empresa também irá atuar nas cinco regiões atendidas pelo projeto, e precisa ter experiência em treinamentos, em elaboração de manuais de boas práticas e em procedimentos operacionais padrão (POPs), com boa organização, pontualidade, responsabilidade e habilidade para ministrar capacitações para o público alvo do projeto (comunidades do interior do Amazonas).

Oportunidade para bolsistas

O Idesam também busca bolsista para apoiar as atividades de geoprocessamento relacionadas às cadeias produtivas florestais apoiadas pelo projeto Cidades Florestais. Cursando pós-graduação (mestrado) em ciências agrárias, florestais, biológicas ou geografia, o bolsista deve ter experiência em geoprocessamento e em elaboração de mapas para cadeias produtivas florestais, além de conhecimento básico em legislação florestal.

Todas as informações referentes aos meios de participação dos processos de seleção estão disponíveis nos Termos de Referência das respectivas vagas. Acesse todas abaixo:

TDR N° 012 – Consultoria Produção de Óleos Vegetais

TDR N° 014 – Gestão contábil para organizações sociais

TDR N° 015 – Procedimentos Operacionais

TDR N° 016 – Extensionista rede de óleos

TDR N° 017 – Peças audiovisuais

TDR N° 022 – Bolsista Geoprocessamento

 

(Atualizada em 25/02/2019 para inclusão de novas vagas)

Related Posts

Leave a comment