Idesam implanta Sistema de Pecuária Silvipastoril em Apuí

sspi-apui-3

Por Priscila Rabassa – 

O IDESAM tem conduzido uma série de atividades que tem o objetivo de atingir a sustentabilidade em Apuí. Dentre elas está a implantação de Unidades Demonstrativas (UDs) de Pecuária Silvipastoril Intensiva, que possui um modelo de produção que incorpora elementos de manejo, intensificação e recuperação de pastagens.

O Sistema Silvipastoril Intensivo (SSPI) é a incorporação intencional de árvores e arbustos nas áreas de pastagens, sendo sistemas que apresentam potencial de benefícios econômicos e ambientais para o produtor e para a sociedade.

Com diversas espécies ricas em nitrogênio, as leguminosas mais utilizadas são a Mulungu, Feijão Guandu, Leucena e Gliricidia, que contribuem para o aumento da ciclagem de nutrientes, pois retiram elementos das camadas mais profundas e preservam as mais superficiais, diminuem o ataque de pragas e doenças devido à maior diversidade biológica do sistema, além de aumentar a oferta de pasto ao longo do ano com nova oferta de plantas ricas em proteínas.

Outra vantagem do SSPI é que ele contribui para aumentar a produtividade e a qualidade de vida do animal que, quando protegido do calor na sombra das árvores, eles pastam por mais tempo, requerem menos água para beber e apresentam melhor eficiência na conversão de forragem.

sspi-apui-2 sspi-apui-4

Por todas essas melhorias, o IDESAM firmou parceria com quatro produtores que aceitaram começar em janeiro deste ano a implantação das Unidades Demonstrativas em suas áreas. O objetivo é criar Unidades sustentáveis que sirvam de exemplo para outros produtores locais. Os produtores inscritos no projeto são João Nilton Julião, Lourizete Morais, Adelário Ronnau e Maria do Cordeiro.074-344 exam

De acordo com Adelário Ronnau que, no final no ano passado esteve na Colômbia participando de um intercâmbio sobre pecuária silvipastoril, junto com a equipe do IDESAM e outros produtores de Apuí, salienta a importância do sistema.

“Na Colômbia, o sistema silvipastoril já está sendo trabalhado há mais de 20 anos e estudos realizados mostraram que em um ano foi possível aumentar a lotação de animais por hectare, além do aumento na produção de leite. Precisamos apenas escolher as espécies de árvores e arbustos adequados para a nossa região”.

Para apresentar o projeto para a sociedade apuiense, o Idesam realizou um evento no último dia 27 de janeiro, com a participação de dois consultores do Centro para Investigação de Sistemas Sustentáveis de Produção Agropecuária (Cipav), da Colômbia, Fernando Uribe e Alvaro Zapata.

Zapata e Uribe estiveram por uma semana em Apuí, juntamente com o consultor da Via Verde, Murilo Bettarello, para acompanhar a equipe do IDESAM durante as visitas de implantação das Unidades Demonstrativas de Pecuária Silvipastoril.

Posts relacionados

Deixe um comentário