Idesam seleciona profissional para coordenação de rede de óleos amazônicos

content image
Idesam seleciona profissional para coordenação de rede de óleos amazônicos

Serão aceitos currículos até o dia 16 de outubro

Por Comunicação Idesam
Foto: Divulgação/Arquivo Idesam

Com o objetivo de dar continuidade ao desenvolvimento da produção de óleos vegetais na Amazônia, o Idesam está em busca de profissional para assumir a coordenação da Rede de Óleos do projeto Cidades Florestais, apoiado pelo Fundo Amazônia/BNDES. As pessoas interessadas têm até o dia 16 de outubro para participar do processo seletivo.  

Por meio da assessoria técnica e de gestão das usinas de óleos vegetais, além de apoio às comunidades extrativistas do Amazonas, a nova coordenação irá assumir uma importante iniciativa do projeto. Para isso, a oportunidade exige ensino superior em engenharia de produção, engenharia química, ciências agrárias ou biológicas e áreas correlatas.

Além desses requisitos, a vaga pede experiência profissional mínima de dois anos e experiência na produção de óleos vegetais. Para todas as exigências e diferenciais solicitados na oportunidade, acesse o Termo de Referência (TDR) no final da página. 

Sobre o Cidades Florestais

Em 2018, foi iniciado o projeto Cidades Florestais, executado pelo Idesam com apoio do Fundo Amazônia/BNDES. O projeto tem como propósito fomentar a produção florestal familiar e comunitária do Amazonas, tanto madeireira quanto não-madeireira. 

O fomento à produção florestal de uso múltiplo, pelo projeto, é desenvolvido por meio da implantação de plataforma digital e aplicativo de apoio à gestão da produção comunitária; implementação de novos equipamentos e maquinários para a atividade florestal; elaboração de planos de manejo florestais; e instalação de duas novas mini usinas, com apoio estrutural a outras três já existentes.

TDR N° 50 – Coordenação Rede de Óleos Vegetais