DOE AGORA

Regatão do Bem

Regatão do Bem

As comunidades tradicionais da Amazônia, verdadeiras guardiãs da floresta e que dependem de recursos da mata para a sua subsistência, passam por momentos de maior vulnerabilidade por conta da pandemia do novo coronavírus. Com diversos projetos em mais de 10 municípios do Amazonas, o Idesam conhece de perto essa realidade desafiadora, por isso lança a ação social ‘Regatão do Bem’, para ajudar a levar mantimentos a famílias em situações de risco.

A campanha visa arrecadar alimentos a famílias em localidades mais afastadas da Amazônia, como é o caso de comunidades do interior de Lábrea e de Apuí, que vivem principalmente do extrativismo sustentável e estão com suas fontes de renda prejudicadas pela pandemia da COVID-19. Para isso, o Idesam está mobilizando influenciadores digitais, parceiros institucionais e empresas para levantar doações de alimentos e outros itens essenciais para essas comunidades.

Conheça abaixo as ações realizadas.

Frentes de Atuação

 

  • Fornecimento de cestas básicas e materiais de higiene e segurança para famílias e associações;
  • Atividades de capacitação, distribuição de materiais de informação e prevenção;
  • Investimentos em tecnologia e matéria-prima local para criação de produtos de combate à doença;
  • Assistência técnica e auxílio logístico para manutenção de produção e de negócios;
  • Assistência técnica no cadastro para recebimento do auxílio emergencial.

Captação

 

  • Em parceria com a produtora local Fábrica de Eventos, o Idesam recebeu uma doação de 50 cestas básicas do cantor Thiaguinho, arrecadadas por meio de uma live realizada no canal do cantor no Youtube, no dia 23 de abril.
  • Com mediação de Impact Hub e da empresa social Um Por Cento, a banda nacional Melim fez a doação de 400 kg de alimentos, equivalentes a 25 cestas básicas. No total, a banda doou 1.000 kg de alimentos, quase R$ 17 mil reais e 100 marmitas, que foram distribuídos entre 8 associações brasileiras que prestam apoio a a pessoas em situação de vulnerabilidade com a pandemia.
  • Em parceria com o Ifam e um grupo local de 20 costureiras, a Aliança Guaraná de Maués está realizando a produção e distribuição gratuita de mais de 20 mil máscaras de tecido, a serem distribuídas para profissionais e saúde e população de baixa renda do município;
  • Por meio de uma doação anônima, recebemos 20 cestas básicas e 20 kits de higiene para serem distribuídas pela campanha;
  • A artesã Maria Ney, de Maués, doou 20 máscaras especiais para profissionais de saúde, confeccionadas a partir de materiais reutilizados;
  • A Aliança Guaraná de Maués viabilizou a compra de 100 litros de álcool e outros 200 itens, entre caixas de luvas, detergente e água sanitária, que estão sendo distribuídos para a população de Maués e unidades de saúde locais;
  • Através de um edital da Fundação Banco do Brasil e parceiros, o Idesam foi selecionado para receber R$ 84.842, que serão revertidos na compra de 1.600 cestas básicas e 1.600 kits de higiene. Desse recurso, R$ 610 serão usados na logística de distribuição das cestas;
  • Ambev realizou a doação de 1.000 litros de álcool que está sendo distribuído entre a população de Maués e também para unidades de saúde locais, como hospitais, unidades básicas e a casa de saúde indígena.
  • Recebemos uma doação de 300 máscaras do Greenpeace, que serão distribuídas nas comunidades de atuação da campanha;
  • A empresa de produtos naturais para barba Sobrebarba, parceira do Idesam no Programa Carbono Neutro, doou 6 litros de álcool em gel, que serão direcionados para associações produtivas do interior, em Apuí e na reserva do Uatumã;
  • No escopo do projeto Unidos ‘Contra a Covid-19 em Territórios Agroextrativistas na Amazônia’, uma parceria com Instituto Beraca e Instituto DoTerra/Healing Hands, conseguimos recursos de R$ 15.070,00, usados na compra de 70 cestas básicas e 70 kits de higiene, distribuídos nos municípios de Apuí e Silves (inclusos custos logísticos de envio de R$ 5.720,00);
  • União Amazonas disponibilizou ao Idesam 100 cestas básicas e 100 kits de higiene;
  • Por meio da Sitawi e The Coca-Cola Foundation, a campanha investiu R$ 30.689,50 na compra de medicamentos e EPIs, destinados para comunidades dos municípios de Lábrea, Apuí, Itapiranga, São Sebastião do Uatumã e Maués;
  • Mercado Livre e Mercado Pago doaram R$ 128.400,oo para o Regatão do Bem, que permitiram a compra de 2.220 cestas e kits de higiene, distribuídos a instituições sociais de Manaus;
  • Por meio da União Amazonas, o Idesam recebeu a doação de 2.000 frascos de álcool em gel, doados pelo Instituto Grupo Boticário;
  • O Idesam financiou, ainda, a compra de 55 cestas básicas e 55 kits de higiene,que serão distribuídos pela campanha;
  • Por meio da União Amazonas, o Idesam recebeu a doação de 40.000 máscaras de tecido, doadas pela Malwee, que serão distribuídas ao longo das próximas ações da campanha;
  • Até o dia 31 de julho, foram captados R$ 1.414,57 no site https://idesam.org/apoie, que permitiram a compra de 25 cestas básicas e kits de higiene (no valor unitário de R$ 57).

Beneficiados

 

Apuí:

  • Associação Agroextrativista do PAE Aripuana-Guariba (ASAGA);
  • Associação dos Produtores Familiares Ouro Verde (APFOV);
  • Associação dos Produtores Rurais do Rio do Couro (ASPRORICO);
  • Comunidade Povos Indígenas do Sucunduri;
  • Associação de Desenvolvimento Sustentável Sucunduri – Amazônia (ADSSAN);
  • Lar Aconchego;
  • População em vulnerabilidade em Apuí.

 

Lábrea:

  • Associação dos produtores Agroextrativistas da Assembleia de Deus do Rio Ituxi (APADRIT);
  • Associação dos Produtores Agroextrativistas da Colônia do Sardinha (ASPACS).

 

Manaus:

  • Abrigo Nacer – Projeto Girassol;
  • O Pequeno Nazareno;
  • Abrigo Janell Doyle;
  • Casa Mamãe Margarida;
  • Abrigo O Coração do Pai;
  • Abrigo Monte Salém;
  • Comunidade do bairro Cidade de Deus.

 

Maués:

  • Comunidades Ilha do Sol, Menino Deus do Limão Grande e N. Sra. de Fátima;
  • TI Andirá-Marau;
  • Secretaria de Saúde de Maués (7 postos de saúde de Maués, Hospital Raimunda Dinelli) e Casa de Saúde Indígena de Maués;
  • Associação dos Produtores de Guaraná e Agricultura Familiar do Rio Maués Mirim (ASPROGUAM);
  • Associação Comunitária Agrícola do Rio Urupadi (Ascampa);
  • Associação de Artesãos Unidos para Vencer (AAUV)
  • Associação de Agricultores Rurais da Comunidade São Raimundo do Mutuca (AMPMA);
  • Comunidades dos bairros Donga Michiles e Senador Esteves;

 

RDS Uatumã:

  • 20 comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uatumã;
  • Associação Agroextrativista das Comunidades da RDS Uatumã (AACRDSU).

 

Tefé:

  • Comunidades indígenas e ribeirinhas do entorno de Tefé.

Resultados

 

Confira o relatório de resultados do ‘Regatão do Bem’ até o dia 31 de agosto.

Download.

Confira as

Notícias Relacionadas

Onde Atuamos

Em breve

Parceiros Técnicos

Parceiros

WordPress Lightbox Plugin